Fórum de Pizzas do Cheff Hassin, pioneiro na Arte da boa pizza!
Seja bem vindo ao Fórum de Pizzas, o maior espaço cibernético de Pizzas do Mundo!
Entre, registre-se e faça parte dessa família.
Somente usuários registrados terão acesso a todas as informações profissionais existentes nos nossos fóruns de debate e tópicos de discussões.
Não se esqueça de ler as regras deste Fórum e mantenha um alto nível nos posts e abertura de tópicos.
ATENÇÃO: Ao registrar-se no Fórum de Pizzas seus dados cadastrais serão checados; estando corretos a sua conta será aprovada pela Administração do Fórum de Pizzas.
Guarde o seu usuário e senha em um lugar seguro para não esquecer. Sua senha é confidencial, secreta e criptografada. No entanto, se você a esquecer, solicite a Administração uma nova senha para logar.
Sua presença muito nos honrará.
Hassin Ghannam
Admin. do Fórum de Pizzas.
Login

Esqueci minha senha

VISITAS DIÁRIAS-
Tradutor/Translate
Últimos assuntos
» Massa secreta do HASSIN - VERSÃO ATUALIZADA
Hoje à(s) 14:21 por DED

» FORNO IGLU ( TIJOLO COMUM NO LUGAR DO REFRATARIO)
Hoje à(s) 13:38 por Júnior sgt

» Forno Iglu - Fixação da Manta e Junção das Partes
Hoje à(s) 13:30 por Júnior sgt

» CHEDDAR
Hoje à(s) 12:43 por heitormassaro

» Massa secreta do Hassin
Hoje à(s) 12:20 por MARIO DOMINGUES

» MiniLenha, padronize a cocção da sua pizza e elimine a fumaça definitivamente
Hoje à(s) 10:54 por Minilenha

» SUPER MINI CHEFF, O NOVO FORNO COMPACTO EXPRESSO PARA PIZZAS!
Hoje à(s) 10:45 por FABIOCOSTA

» Caixa de pizza com pizza dentro, literalmente.
Hoje à(s) 00:58 por Fabio Maciel151

» QUANTAS PIZZAS PRECISAM SER VENDIDAS NO MÊS PARA CUBRIR AS DESPESAS
Hoje à(s) 00:53 por Fabio Maciel151

» Planilha para formação de preço de Pizza e controle de custo
Hoje à(s) 00:41 por HASSIN

» FORNO LAS LEÑAS DO HASSIN, UM FORNO EXCEPCIONAL!
Ontem à(s) 23:38 por HASSIN

» DICAS PARA COMEÇAR PIZZARIA DELIVERY
Ontem à(s) 23:19 por elcuginello

» A Skymsen apresenta o seu novo equipamento: AMP - 400 Abridora de Massas de pizzas - Apresentada pelo Cheff Hassin Ghannam
Ontem à(s) 22:33 por HASSIN

» FORNOS DUAL FLEX GÁS www.fornoslucena.com.br
Ontem à(s) 22:26 por HASSIN

» Forno compacto a gás Bonari
Ontem à(s) 22:24 por HASSIN

» Iniciante em Pizza Brotinho
Ontem à(s) 22:22 por HASSIN

» massa leve , fina e crocante
Ontem à(s) 22:18 por HASSIN

» Massa gruda na forma
Ontem à(s) 22:12 por HASSIN

» planilha de custo
Ontem à(s) 22:04 por HASSIN

» BOLINHAS DE MASSA QUE GRUDAM
Ontem à(s) 16:39 por HASSIN

» COMO FAZER A PEDRA BASE REFRATÁRIA DO FORNO A LENHA OU A GÁS
Ontem à(s) 16:34 por HASSIN

» Duvidas sobre direitos do Pizzaiolo
Ontem à(s) 16:18 por HASSIN

» ENTREGADOR DE PIZZA
Ontem à(s) 15:16 por ISA

» Padronizar Gestão das Pizzarias e diminuir fechamento das pizzarias
Ontem à(s) 14:53 por PAISA

» Massa de Pizza
Ontem à(s) 12:47 por HASSIN

» massa pre assada
Ontem à(s) 12:32 por HASSIN

» Receita de pizza
Ontem à(s) 12:02 por HASSIN

» Frangueira Venâncio
Ontem à(s) 11:47 por Bada

» fibra ceramica
Ontem à(s) 11:26 por HASSIN

» Molho de Tomate Industrializado ou Feito na Pizzaria ? Qual o custo ?
Ontem à(s) 11:25 por HASSIN

» sequencia de sabores em rodizio
Ontem à(s) 11:08 por HASSIN

» CHEFF HASSIN NO PROGRAMA COZINHA PROFISSIONAL
Sab 03 Dez 2016, 18:29 por HASSIN

» Fermento
Sab 03 Dez 2016, 18:26 por HASSIN

» indicaçao de construtor forno iglu em sao paulo
Sab 03 Dez 2016, 16:07 por MAURO LUCENA

» Massa encolhe ao pré assar
Sab 03 Dez 2016, 12:37 por PAISA

» esfihas
Sab 03 Dez 2016, 12:00 por HASSIN

» Massa de pizza para ficar em estufa.
Sab 03 Dez 2016, 11:32 por CLAUDIO N VIEIRA

» Abertura Pizzaria
Sab 03 Dez 2016, 11:24 por PAISA

» Farinha Caputo
Sab 03 Dez 2016, 11:20 por HASSIN

» Pizza 4 Queijos quantidade ideal de cada queijo
Sex 02 Dez 2016, 20:01 por PAISA

» Poderiam me enviar a receita da massa secreta do hassin??
Sex 02 Dez 2016, 16:16 por DED

» Dose seu molho de tomate corretamente. Como ? Veja aqui !!!
Sex 02 Dez 2016, 15:22 por Carlos Daia

» Durante o corte da pizza o seu recheio sai do lugar ? Veja como resolver !
Sex 02 Dez 2016, 15:21 por Carlos Daia

» SR CAIXA
Sex 02 Dez 2016, 15:20 por Carlos Daia

» Gerente pizzaria / delivery
Sex 02 Dez 2016, 12:06 por carlos cavalcante

» Pizzas mais vendidas
Sex 02 Dez 2016, 00:41 por Guilherme Saldanha

» Receita de Pizza de Batata Palha.
Qui 01 Dez 2016, 23:38 por ISA

» receita massa pizza
Qui 01 Dez 2016, 22:05 por clairtonbrocco

» PREÇO DA MUSSARELA CAINDO EM SP
Qui 01 Dez 2016, 20:27 por DOUTRINADOR

» Harmonização Pizza Savassi
Qui 01 Dez 2016, 18:49 por PAISA

» Como resfriar seu discos de pizza pré-assadas na temperatura ideal para o armazenamento ? Veja este produto !!!
Qui 01 Dez 2016, 16:38 por Carlos Daia

» receita da massa secreta e integral atualizada
Qui 01 Dez 2016, 11:14 por DED

» SOU MOTOBOY ESTOU DISPONÍVEL PARA CURITIBA MOTO PRÓPRIA 250CC
Qui 01 Dez 2016, 10:01 por rodrigucardoso

» Pizzas feitas nos cursos do Chef Hassin - Novembro 2016
Qua 30 Nov 2016, 18:58 por ISA

» Iniciando comercio de pizza brotinho em casa
Qua 30 Nov 2016, 17:26 por ISA

» Como verificar a temperatura correta de seu forno. Veja aqui !!!
Qua 30 Nov 2016, 15:54 por Carlos Daia

» como fazer muitas pizzas brotinhos de 15 cent com 1k de farinha de trigo
Qua 30 Nov 2016, 15:39 por Rico Nery

» Massa leve e crocante
Qua 30 Nov 2016, 15:20 por DED

» Forno de esteira gran ceres
Ter 29 Nov 2016, 21:00 por Cleber Ruiz Camargo

» Dúvida sobre a porta do Iglu
Ter 29 Nov 2016, 17:52 por MAURO LUCENA

» Qual o tamanho ideal do forno a lenha???
Ter 29 Nov 2016, 16:06 por aureliotaveira

» Venda máquinario para Pizzaria
Ter 29 Nov 2016, 13:25 por Marciojf1

» Veja aqui como organizar suas bolas de massa !
Ter 29 Nov 2016, 10:24 por Carlos Daia

» mini pizzas
Seg 28 Nov 2016, 22:34 por DOUTRINADOR

» RECEITA PIZZA DOMINO´S SIMPLES, TESTADA E APROVADA
Seg 28 Nov 2016, 18:11 por Victor Reis

» Massa Pré Assada
Seg 28 Nov 2016, 16:27 por DED

» Sua massa pré assada esta com bolhas ? veja aqui como evitar !!!
Seg 28 Nov 2016, 16:02 por Carlos Daia

» PLANILHA PIZZAIOLO
Dom 27 Nov 2016, 10:58 por PAISA

» chapéu chines reten boa parte da fuligem expelida pela queima da lenha
Dom 27 Nov 2016, 00:56 por cortez

» Tempos e velocidades usados em fornos esteira com excelentes resultados!
Sab 26 Nov 2016, 21:01 por Loucoporpizza

Top dos mais postadores
DOUTRINADOR (14444)
 
HASSIN (9884)
 
DED (7884)
 
GILBERTO COSTA (7481)
 
ISA (4781)
 
MAURO LUCENA (2875)
 
maurojonas brito (2375)
 
AVLIS (1908)
 
Carlos Daia (1428)
 
Scarpelli (1269)
 

Quem está conectado
225 usuários online :: 8 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 217 Visitantes :: 2 Motores de busca

Adriano Vargas de Oliveir, bartyg7, DED, HASSIN, Júnior sgt, nosilrac, tadeupj, Tulio Demichelli

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 540 em Ter 02 Ago 2011, 23:18
Estatísticas
Temos 51006 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de ANDRÉ CEOTTO

Os nossos membros postaram um total de 155453 mensagens em 10721 assuntos
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Guia prático de como montar a sua pizzaria do Fórum de Pizzas.
BAIXE AQUI O APLICATIVO DO FÓRUM DE PIZZAS
MEGA FEIRÃO DO FÓRUM DE PIZZAS.
FORNO A LENHA DUAL
Fórum Técnico de Equipamentos

Forma de contratação dos entregadores

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

default Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por Rodrigo Motta em Seg 23 Fev 2009, 10:52

Oi Pessoal,

Como já citei em alguns outros tópicos, estou montando o plano de negócios para uma pizzaria delivery aqui em Porto Alegre.

Tenho uma dúvida em relação a melhor forma de contratação dos entregadores:

1 - Comprar as motos e contratar entregadores (CLT)
2 - Contratar uma empresa ou cooperativa para fazer as entregas
3 - Contratar entregadores que já possuam moto como autonomo.


Sei que a 3a opção é a mais barata (diretamente) mas tenho medo dos processos trabalhistas que possam ocorrer nos casos 1 e 3. Já a opção 2, pelo que tenho pesquisado me parece encarecer demais os custos.

Gostaria da opinião do pessoal mais experiente :-)

Obrigado,

Rodrigo Motta

Rodrigo Motta
APRENDIZ
APRENDIZ

Sexo : Masculino
Idade : 38
Localização : Porto Alegre / RS
Número de Mensagens : 71
Data de inscrição : 17/02/2009
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por Convidad em Seg 23 Fev 2009, 12:21

Bom dia Rodrigo!

Meu amigo, aqui em minha pizzaria eu tenho entregadores autonomos, eles tem a propria moto e no final da noite eu pago a eles o valor referente as entregas feitas no dia! A questão de comprar uma Moto e contratar entregadores(CLT) é que vc tem um funcionario e que ele pode tanto entregar pizza quanto ajudar em outras coisas já que é um funcionario.
Se vc tem um advogado é melhor tirar essa duvida com ele.
Espero que tenha sucesso em seu negocio, sou de Porto Alegre e vim pra Rondônia pra montar uma pizzaria e hoje tenho vontade de montar uma pizzaria em Porto Alegre com a experiencia que conquistei aqui!

Espero que tenha te ajudado meu amigo!!

Abraços

Ricki Graeff

Rodrigo Motta escreveu:Oi Pessoal,

Como já citei em alguns outros tópicos, estou montando o plano de negócios para uma pizzaria delivery aqui em Porto Alegre.

Tenho uma dúvida em relação a melhor forma de contratação dos entregadores:

1 - Comprar as motos e contratar entregadores (CLT)
2 - Contratar uma empresa ou cooperativa para fazer as entregas
3 - Contratar entregadores que já possuam moto como autonomo.


Sei que a 3a opção é a mais barata (diretamente) mas tenho medo dos processos trabalhistas que possam ocorrer nos casos 1 e 3. Já a opção 2, pelo que tenho pesquisado me parece encarecer demais os custos.

Gostaria da opinião do pessoal mais experiente :-)

Obrigado,

Rodrigo Motta

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por HASSIN em Seg 23 Fev 2009, 21:04

Olá Rodrigo.



Meu amigo, o tema citado é realmente uma pedra no sapato.

É como jogar um jogo de azar este problema, pois sempre iremos ter problemas com relação às entregas.

Tal como você citou, as opções 1 e 3 envolvem com o tempo, processos trabalhistas, infelizmente.

Já a opção 2 é muito cara!



Então, gostaria que você soubesse que eu provei anteriormente as opções 1 e 3 e confesso que muito me arrependi. Primeiro, comprei motos, e vi todas elas serem destruídas nas mãos dos entregadores que não tem o mínimo cuidado com aquilo que não é deles.

Depois, contratei pessoas com veículo próprio, e eles infelizmente não duram muito tempo em um lugar achando que em outra parte ganharão mais e assim sucessivamente, um dia eles trabalham, outro dia não aparecem e por aí vai...



Então, fiz o seguinte:

Pensei como se fosse um entregador!

Todo entregador é jovem e meio acelerado em suas idéias.

Eles trabalham para farrear e não para construir um futuro.

Eles gostam de dinheiro e nem tanto do trabalho em si, pelo qual eles mudam constantemente.

Se eu fosse um entregador, eu gostaria de ganhar muito bem e satisfazer os meus desejos primários com abundância.

Então, fiz a seguinte conta:

Contratar uma empresa sai muito caro e não é para o perfil de uma pizzaria, apesar de que funcionaria muito bem, correto?

E pagar o que pagamos a um funcionário com veículo próprio é mais barato, mas eles são inconstantes e te deixam na mão.

Então, o melhor caminho é o caminho do meio!



Resolvi pagar ao entregador por pizza entregada. O valor fica no meio de ambos os casos 2 e 3.

Por exemplo: aqui no meu negócio, eu pagava ao entregador R$ 4,00 reais por entrega.



Por sua vez, cobro ao cliente a entrega a domicilio o valor de 3,00 R$ reais, e lhe explico que cobramos a entrega, pois este serviço é feito por uma empresa terceirizada; se ele viesse retirar a pizza no local, ele pagaria R$ 3,00 reais menos. Então, ele opta por alguém que leve a pizza a sua casa já que ele não quer ter este trabalho. Portanto, é justo que paguem a entrega a domicilio. O cliente paga R$ 3,00 reais e eu pago R$ 1,00 real.

Dou ao entregador uma ajuda de combustível que deve ser examinado criteriosamente em razão dos kilômetros que ele irá cobrir diariamente dentro de uma média estimada em nossas vendas; e para isso deve-se criar um quadrante de entregas e trabalhar dentro deste quadrante que não deve ser superior a um raio de 5 km preferentemente como máximo.



Se as entregas no futuro forem muito maiores, então se reajusta o valor da ajuda para combustível, e vice-versa.



De maneira, que fazendo bem as contas, você não perca e o entregador ganhe bem com isso e sobre tudo por arriscar a sua própria vida, pois entregar a domicilio não é um trabalho fácil, convenhamos...

Ofereço-lhes também um prêmio por chegarem ao trabalho com pontualidade. Se chegarem atrasados um único dia do mês, perdem este premio que é de aprox. R$ 180,00



Então, com o entregador eu faço com ele um acordo:

Ele não é meu empregado e nem possui algum vínculo empregatício com a empresa; no entanto, através de uma boleta de honorários, eu lhe pago os seus vencimentos e eles trabalham para mim apensa 4 horas por dia, separados em 3 turnos num total de 12 horas, 4 horas para cada entregador.

Nos fins de semana eu reforço os turnos e eles trabalham 6 horas cada um, no mesmo espaço de 12 horas.

Cada um ganha em média R$ 900,00 reais (está incluído nesse valor o prêmio citado anteriormente) e assim eu não tive mais problemas.



Minhas vendas são muito menores das que vocês alcançam aí no Brasil, já que a cultura de comer pizzas aqui no Chile ainda é muito pobre, e os chilenos são demasiados tradicionais em suas alimentações e costumes alimentícios.

Aliás, eles comem 3 vezes menos que nós brasileiros e bebem 3 vezes mais(vinhos, Ron, pisco e etc) É um país onde os jovens se perdem em tragos e tabacos, infelizmente.


Apesar de tudo isso que lhe escrevo(saindo um pouco fora do assunto em pauta), eu fui com o tempo terminando com as entregas a domicilio, pois julguei que as minhas pizzas eram de uma qualidade tal, que me dava pena entregá-las a domicilio, comparadas com as pizzas que fazem aqui neste país. Então, há 2 anos inaugurei o meu restaurante e desde então, fui terminando a entrega a domicilio que hoje não corresponde sequer a 15% das vendas totais da casa.

Atualmente, eu mesmo entrego as pizzas, como no início.


Vender pizzas à mesa, deixa melhores rendimentos que à domicilio, porém diminui bastante a quantidade de unidades produzidas no mês.

Como eu não sou uma pessoa que trabalha para ficar rico e sonhar com palácios e ou bens materiais, preferi então dedicar a minha vida à qualidade e não à produção.

Com o tempo, vamos percebendo que viver bem, se necessita de horas de felicidade junto às pessoas que amamos, fazendo coisas que o dinheiro não pode pagar. Quanto mais ambição nós temos, mais teremos que nos dedicar a esta ambição e menos tempo teremos para gozar os frutos dessa ambição.

É uma matemática simples, e só não vê quem não quer, ou prefere não ver.

Todas as pessoas devem trabalhar e trabalhar é sumamente importante; mas o limite dessa importância chega até o limiar da importância que tens pela tua família e a tua saúde. Podemos crescer muito com o nosso trabalho, isso é certo, mas não veremos os nossos filhos crescerem, nem gozaremos momentos de alegria se formos escravos do trabalho; então, o tempo que passou nunca mais volta, e por isso, é necessário saber administrar ambas as coisas.



Bom meu amigo, isso é tudo!

Continue observando os demais conselhos que poderão surgir aqui no fórum e crie você mesmo um plano de ação que funcione bem para tua empresa.



Felicidades e boa sorte!



Hassin


Rodrigo Motta escreveu:Oi Pessoal,

Como já citei em alguns outros tópicos, estou montando o plano de negócios para uma pizzaria delivery aqui em Porto Alegre.

Tenho uma dúvida em relação a melhor forma de contratação dos entregadores:

1 - Comprar as motos e contratar entregadores (CLT)
2 - Contratar uma empresa ou cooperativa para fazer as entregas
3 - Contratar entregadores que já possuam moto como autonomo.


Sei que a 3a opção é a mais barata (diretamente) mas tenho medo dos processos trabalhistas que possam ocorrer nos casos 1 e 3. Já a opção 2, pelo que tenho pesquisado me parece encarecer demais os custos.

Gostaria da opinião do pessoal mais experiente :-)

Obrigado,

Rodrigo Motta

_________________
Hassin Ghannam
Admin. do Fórum de Pizzas.

A luz deve avançar sempre, ainda quando esteja sufocada pelas trevas. Hassin Ghannam.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Antes de comprar um forno, conheça primeiro o Super Mini Cheff Plus!
Clique aqui para conhecê-lo: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

HASSIN
Administrador do Fórum
Administrador do Fórum

Sexo : Masculino
Idade : 54
Localização : Sao Paulo - Brasil
Número de Mensagens : 9884
Data de inscrição : 01/11/2008
Emprego/lazer : Fórum de Pizzas, Escola de Pizzaiollo, Campo e praia
Humor : Excelente
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por Rodrigo Motta em Ter 24 Fev 2009, 18:38

Muito Obrigado Ricki e Hassin!

é muito bom poder ouvir a opinião das pessoas que já estão no ramo há mais tempo...

Agradeço mesmo. Por enquanto estou "sugando" a ajuda de todos, mas me comprometo a continuar ativo qdo tb já tiver experiência para compartilhar! Smile

Abraços,
Rodrigo Motta

Rodrigo Motta
APRENDIZ
APRENDIZ

Sexo : Masculino
Idade : 38
Localização : Porto Alegre / RS
Número de Mensagens : 71
Data de inscrição : 17/02/2009
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por HASSIN em Ter 24 Fev 2009, 19:23

Perfeito Rodrigo!



Boa sorte amigo!



E com certeza, todos aqui contarão com o seu apoio e opinião para ser compartilhado com todos os que aqui estiverem.



Este fórum valoriza cada pessoa, cada pequeno detalhe, cada pequeno aporte que com o tempo formará os melhores pizzeiros do Brasil, usando apenas a Lei do Dar e Receber!



Uma Utopia que como bem disseste o amigo Denis, começa a transforma-se em uma Tendência!



E isso, graças à boa vontade de todos!



Tenha uma ótima tarde meu amigo.



Hassin


PS.: Valeu Ricki!

Rodrigo Motta escreveu:Muito Obrigado Ricki e Hassin!

é muito bom poder ouvir a opinião das pessoas que já estão no ramo há mais tempo...

Agradeço mesmo. Por enquanto estou "sugando" a ajuda de todos, mas me comprometo a continuar ativo qdo tb já tiver experiência para compartilhar! :)

Abraços,
Rodrigo Motta

_________________
Hassin Ghannam
Admin. do Fórum de Pizzas.

A luz deve avançar sempre, ainda quando esteja sufocada pelas trevas. Hassin Ghannam.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Antes de comprar um forno, conheça primeiro o Super Mini Cheff Plus!
Clique aqui para conhecê-lo: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

HASSIN
Administrador do Fórum
Administrador do Fórum

Sexo : Masculino
Idade : 54
Localização : Sao Paulo - Brasil
Número de Mensagens : 9884
Data de inscrição : 01/11/2008
Emprego/lazer : Fórum de Pizzas, Escola de Pizzaiollo, Campo e praia
Humor : Excelente
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por delubiod em Qua 25 Fev 2009, 15:24

Eu fechei com uma empresa de logística.
Eles vão me colocar à disposição 2 motoqueiros das 10:00 da manhã às 00:30 Meia noite e meia.
Se algum faltar eles cobrem com outra pessoa.
Eles vão me cobrar R$7,00 por entrega e não terei com que me preocupar.
Os caras são todos treinados uniformizados, e tem que ter pelo menos o 2o grau completo.
Vou cobrar do meu cliente R$5,00 reais por entrega num raio de 4 km e R$6,00 acima de 4km.
A diferença vou pagar do meu bolso.
Não é a situação ideal, mas é tranquilo.
É como o Hassin falou, tenho outras prioridades na vida, e uma delas é viver a minha vida com minha família e meu filho.
Não tenho tempo pra ficar esquentando a cabeça com entregadores.
Terceirizar o negócio é a saída.
Você lucra R$ 1,00 ou R$2,00 a menos por pizza, mas não tem a dor de cabeça de ficar demitindo e contratando entregadores.
Esta empresa é a TRAÇO LOGISTICA e eles fazem o trabalho de delivery do Mc donald´s, do Habib´s, e do Giraffa´s em Goiânia.
E agora fará o da minha pizza delivery. rsrsr....

Entendo que não é o ideal, mas é o melhor no momento pra mim e pra minha empresa.
Tirar R$1,00 ou R$2,00 reais do lucro de uma pizza pra pagar a entrega é justo. Não é justo é ficar atolado de trabalho e com uma baita dor de cabeça com pizzas acumulando e sem ter um entregador no momento que mais precisa.
Abraço a todos!!!

delubiod
PIZZAIOLLO
PIZZAIOLLO

Sexo : Masculino
Idade : 46
Localização : Goiânia
Número de Mensagens : 580
Data de inscrição : 05/02/2009
Emprego/lazer : Dono de Pizzaria
Humor : de boa
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por delubiod em Qua 25 Fev 2009, 15:31

Outra coisa que estava esquecendo, aos sabados e domingos e feriados eles irão reforçar com mais 2 entregadores. Serão 4 entregadores no total nestes dias especificos, e pelo mesmo preço, R$7,00 reais por entrega.
Não pago por hora, pago por entrega.
É uma parceria e tanto.
E eles sabem que fazendo isto, não enforcam a minha empresa, posso focar meus esforços em propaganda e marketing, e aumentar minhas vendas.
A matemática estará sempre do nosso lado.
Mais vendas, mais entregas, e todo mundo ganha.
Sei que eles pagam R$2,70 por entrega aos motoqueiros e ficam com R$4,30.

Se entrego 1.800 pizzas num mês eles faturam R$7.740,00 por mês.
Claro que eles tem outras despesas como seguro e outras despesas relativo ao seu trabalho, mas aí já é problema da TRAÇO LOGISTICA, e não meu.
E com toda certeza lucram com a operação.
E todo mundo fica tranquilo.

delubiod
PIZZAIOLLO
PIZZAIOLLO

Sexo : Masculino
Idade : 46
Localização : Goiânia
Número de Mensagens : 580
Data de inscrição : 05/02/2009
Emprego/lazer : Dono de Pizzaria
Humor : de boa
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por delubiod em Qua 25 Fev 2009, 15:33

E cada motoqueiro ainda ganha R$2.430,00 reais, (2 entregadores), e com seguro de vida incluso, e com carteira assinada na TRAÇO.
É uma tranquilidade e tanto pra mim.

delubiod
PIZZAIOLLO
PIZZAIOLLO

Sexo : Masculino
Idade : 46
Localização : Goiânia
Número de Mensagens : 580
Data de inscrição : 05/02/2009
Emprego/lazer : Dono de Pizzaria
Humor : de boa
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por HASSIN em Qua 25 Fev 2009, 15:40

Excelente a sua saída Delubio!





Acho que esta opção e os valores cobrados estão ótimos e de verdade você não terá dores de cabeça e trabalhará com mais tranqüilidade e agilidade.

As entregas a domicilio é um serviço que deve ser pago pelo cliente e muito bem pago, pois numa simples entrega a domicilio muitos imprevistos podem ocorrer e alguns deles, até fatais. Portanto, esse costume antigo de levar grátis a domicilio, já está se extinguindo na maioria das grandes cidades, onde os riscos de acidente, roubo, quedas, atropelamentos são freqüentes.

Quem não quer se sujeitar a buscar a sua pizza, deve pagar por este serviço e sobre tudo entender e aceitar de bom agrado o cobro do mesmo.



Boa sorte Delubio, e que a sua inauguração seja repleta de êxitos!



Atte.



Hassin Ghannam



delubiod escreveu:Eu fechei com uma empresa de logística.
Eles vão me colocar à disposição 2 motoqueiros das 10:00 da manhã às 00:30 Meia noite e meia.
Se algum faltar eles cobrem com outra pessoa.
Eles vão me cobrar R$7,00 por entrega e não terei com que me preocupar.
Os caras são todos treinados uniformizados, e tem que ter pelo menos o 2o grau completo.
Vou cobrar do meu cliente R$5,00 reais por entrega num raio de 4 km e R$6,00 acima de 4km.
A diferença vou pagar do meu bolso.
Não é a situação ideal, mas é tranquilo.
É como o Hassin falou, tenho outras prioridades na vida, e uma delas é viver a minha vida com minha família e meu filho.
Não tenho tempo pra ficar esquentando a cabeça com entregadores.
Terceirizar o negócio é a saída.
Você lucra R$ 1,00 ou R$2,00 a menos por pizza, mas não tem a dor de cabeça de ficar demitindo e contratando entregadores.
Esta empresa é a TRAÇO LOGISTICA e eles fazem o trabalho de delivery do Mc donald´s, do Habib´s, e do Giraffa´s em Goiânia.
E agora fará o da minha pizza delivery. rsrsr....

Entendo que não é o ideal, mas é o melhor no momento pra mim e pra minha empresa.
Tirar R$1,00 ou R$2,00 reais do lucro de uma pizza pra pagar a entrega é justo. Não é justo é ficar atolado de trabalho e com uma baita dor de cabeça com pizzas acumulando e sem ter um entregador no momento que mais precisa.
Abraço a todos!!!

_________________
Hassin Ghannam
Admin. do Fórum de Pizzas.

A luz deve avançar sempre, ainda quando esteja sufocada pelas trevas. Hassin Ghannam.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Antes de comprar um forno, conheça primeiro o Super Mini Cheff Plus!
Clique aqui para conhecê-lo: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

HASSIN
Administrador do Fórum
Administrador do Fórum

Sexo : Masculino
Idade : 54
Localização : Sao Paulo - Brasil
Número de Mensagens : 9884
Data de inscrição : 01/11/2008
Emprego/lazer : Fórum de Pizzas, Escola de Pizzaiollo, Campo e praia
Humor : Excelente
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por Rodrigo Motta em Qua 25 Fev 2009, 15:52

Oi Delubiod,

Obrigado pela resposta...
De fato terceirizar é a melhor opção para que possamos focar no nosso negócio principal que é produzir e comercializar pizzas com qualidade.


No meu plano de negócio estes custos praticamente inviabilizariam minha pizzaria. Aqui em Porto Alegre, os Clientes não pagariam mais de R$ 3,50 por entrega. Mesmos redes grandes se limitam neste valor para as entregas.
Além disto, imagino estar sendo conservador (mas prefiro assim) no meu plano de negócio, qdo pretendo entregar 15 pizzas por dia na media (450 pizzas/mês - sem fechar as segundas) nos primeiros meses.

De qualquer forma, estou cotando empresas e quando tiver os valores compartilho com vocês.

Mas uma vez agradeço a ajuda!

Abraços,
Rodrigo Motta

Rodrigo Motta
APRENDIZ
APRENDIZ

Sexo : Masculino
Idade : 38
Localização : Porto Alegre / RS
Número de Mensagens : 71
Data de inscrição : 17/02/2009
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por delubiod em Qui 26 Fev 2009, 07:35

Obrigado Hassin pela força.
Olá Rodrigo, olha só, no meu caso aqui em goiânia as pessoas tinha um certo problema quanto a cobrar pela entrega, mas é como o Hassin falou, tem muita coisa envolvida.
Eu descobri perguntando as pessoas se elas pagariam R$5,00, R$6,00 ou até R$7,00 reais por uma entrega, e a resposta foi que sim, pagariam porque não estariam dispostas a ir buscar sua pizza.
É cultural, você começa a impor este ritmo e as pessoas acabam aceitando.
E se sua pizza é de qualidade, e tem bom preço, é competitiva no mercado você acaba bancando uma parte da entrega (SUBSIDIANDO) e contrata um serviço terceirizado.
Pra mim foi a melhor saída.
Abraço!!

delubiod
PIZZAIOLLO
PIZZAIOLLO

Sexo : Masculino
Idade : 46
Localização : Goiânia
Número de Mensagens : 580
Data de inscrição : 05/02/2009
Emprego/lazer : Dono de Pizzaria
Humor : de boa
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por gustavo_safi em Qui 26 Fev 2009, 16:56

Pessoal,

Estou pensando em adotar os 3 critérios.
- Moto do estabelecimento com o funcionário, significa que posso alocá-lo onde a necessidade for maior;
- Motoboy autonomo, pagarei a diária acrescida de um valor X pela entrega de pizza, somada ainda a um valor y em antigimento de meta;
- Empresa terceirizada, estou pesquisando a viabilidade de ter uma em stand by, caso a demanda (principalmente nos finais de semana), seja grande.

Abraços,

gustavo_safi
MASSEIRO
MASSEIRO

Sexo : Masculino
Idade : 39
Localização : Recife
Número de Mensagens : 204
Data de inscrição : 17/02/2009
Humor : Qual? rsrsrsrsrsrs
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por HASSIN em Qui 26 Fev 2009, 19:26

Parece-me uma ótima idéia amigo Gustavo!

Assim mesmo, o tempo lhe mostrará a melhor opção.

Só vivendo debaixo d´água sabemos o quanto podemos respirar, não é mesmo?

Eu tenho certeza que você acabará encontrando os melhores caminhos.

Ousar é ir mais longe, e usando de prudência, mais longe iremos!



Grande abraço e boa sorte!



Hassin

_________________
Hassin Ghannam
Admin. do Fórum de Pizzas.

A luz deve avançar sempre, ainda quando esteja sufocada pelas trevas. Hassin Ghannam.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Antes de comprar um forno, conheça primeiro o Super Mini Cheff Plus!
Clique aqui para conhecê-lo: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

HASSIN
Administrador do Fórum
Administrador do Fórum

Sexo : Masculino
Idade : 54
Localização : Sao Paulo - Brasil
Número de Mensagens : 9884
Data de inscrição : 01/11/2008
Emprego/lazer : Fórum de Pizzas, Escola de Pizzaiollo, Campo e praia
Humor : Excelente
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por marloncolt em Sex 27 Fev 2009, 22:05

HASSIN escreveu:Olá Rodrigo.



Meu amigo, o tema citado é realmente uma pedra no sapato.

É como jogar um jogo de azar este problema, pois sempre iremos ter problemas com relação às entregas.

Tal como você citou, as opções 1 e 3 envolvem com o tempo, processos trabalhistas, infelizmente.

Já a opção 2 é muito cara!



Então, gostaria que você soubesse que eu provei anteriormente as opções 1 e 3 e confesso que muito me arrependi. Primeiro, comprei motos, e vi todas elas serem destruídas nas mãos dos entregadores que não tem o mínimo cuidado com aquilo que não é deles.

Depois, contratei pessoas com veículo próprio, e eles infelizmente não duram muito tempo em um lugar achando que em outra parte ganharão mais e assim sucessivamente, um dia eles trabalham, outro dia não aparecem e por aí vai...



Então, fiz o seguinte:

Pensei como se fosse um entregador!

Todo entregador é jovem e meio acelerado em suas idéias.

Eles trabalham para farrear e não para construir um futuro.

Eles gostam de dinheiro e nem tanto do trabalho em si, pelo qual eles mudam constantemente.

Se eu fosse um entregador, eu gostaria de ganhar muito bem e satisfazer os meus desejos primários com abundância.

Então, fiz a seguinte conta:

Contratar uma empresa sai muito caro e não é para o perfil de uma pizzaria, apesar de que funcionaria muito bem, correto?

E pagar o que pagamos a um funcionário com veículo próprio é mais barato, mas eles são inconstantes e te deixam na mão.

Então, o melhor caminho é o caminho do meio!



Resolvi pagar ao entregador por pizza entregada. O valor fica no meio de ambos os casos 2 e 3.

Por exemplo: aqui no meu negócio, eu pagava ao entregador R$ 4,00 reais por entrega.



Por sua vez, cobro ao cliente a entrega a domicilio o valor de 3,00 R$ reais, e lhe explico que cobramos a entrega, pois este serviço é feito por uma empresa terceirizada; se ele viesse retirar a pizza no local, ele pagaria R$ 3,00 reais menos. Então, ele opta por alguém que leve a pizza a sua casa já que ele não quer ter este trabalho. Portanto, é justo que paguem a entrega a domicilio. O cliente paga R$ 3,00 reais e eu pago R$ 1,00 real.

Dou ao entregador uma ajuda de combustível que deve ser examinado criteriosamente em razão dos kilômetros que ele irá cobrir diariamente dentro de uma média estimada em nossas vendas; e para isso deve-se criar um quadrante de entregas e trabalhar dentro deste quadrante que não deve ser superior a um raio de 5 km preferentemente como máximo.



Se as entregas no futuro forem muito maiores, então se reajusta o valor da ajuda para combustível, e vice-versa.



De maneira, que fazendo bem as contas, você não perca e o entregador ganhe bem com isso e sobre tudo por arriscar a sua própria vida, pois entregar a domicilio não é um trabalho fácil, convenhamos...

Ofereço-lhes também um prêmio por chegarem ao trabalho com pontualidade. Se chegarem atrasados um único dia do mês, perdem este premio que é de aprox. R$ 180,00



Então, com o entregador eu faço com ele um acordo:

Ele não é meu empregado e nem possui algum vínculo empregatício com a empresa; no entanto, através de uma boleta de honorários, eu lhe pago os seus vencimentos e eles trabalham para mim apensa 4 horas por dia, separados em 3 turnos num total de 12 horas, 4 horas para cada entregador.

Nos fins de semana eu reforço os turnos e eles trabalham 6 horas cada um, no mesmo espaço de 12 horas.

Cada um ganha em média R$ 900,00 reais (está incluído nesse valor o prêmio citado anteriormente) e assim eu não tive mais problemas.



Minhas vendas são muito menores das que vocês alcançam aí no Brasil, já que a cultura de comer pizzas aqui no Chile ainda é muito pobre, e os chilenos são demasiados tradicionais em suas alimentações e costumes alimentícios.

Aliás, eles comem 3 vezes menos que nós brasileiros e bebem 3 vezes mais(vinhos, Ron, pisco e etc) É um país onde os jovens se perdem em tragos e tabacos, infelizmente.


Apesar de tudo isso que lhe escrevo(saindo um pouco fora do assunto em pauta), eu fui com o tempo terminando com as entregas a domicilio, pois julguei que as minhas pizzas eram de uma qualidade tal, que me dava pena entregá-las a domicilio, comparadas com as pizzas que fazem aqui neste país. Então, há 2 anos inaugurei o meu restaurante e desde então, fui terminando a entrega a domicilio que hoje não corresponde sequer a 15% das vendas totais da casa.

Atualmente, eu mesmo entrego as pizzas, como no início.


Vender pizzas à mesa, deixa melhores rendimentos que à domicilio, porém diminui bastante a quantidade de unidades produzidas no mês.

Como eu não sou uma pessoa que trabalha para ficar rico e sonhar com palácios e ou bens materiais, preferi então dedicar a minha vida à qualidade e não à produção.

Com o tempo, vamos percebendo que viver bem, se necessita de horas de felicidade junto às pessoas que amamos, fazendo coisas que o dinheiro não pode pagar. Quanto mais ambição nós temos, mais teremos que nos dedicar a esta ambição e menos tempo teremos para gozar os frutos dessa ambição.

É uma matemática simples, e só não vê quem não quer, ou prefere não ver.

Todas as pessoas devem trabalhar e trabalhar é sumamente importante; mas o limite dessa importância chega até o limiar da importância que tens pela tua família e a tua saúde. Podemos crescer muito com o nosso trabalho, isso é certo, mas não veremos os nossos filhos crescerem, nem gozaremos momentos de alegria se formos escravos do trabalho; então, o tempo que passou nunca mais volta, e por isso, é necessário saber administrar ambas as coisas.



Bom meu amigo, isso é tudo!

Continue observando os demais conselhos que poderão surgir aqui no fórum e crie você mesmo um plano de ação que funcione bem para tua empresa.



Felicidades e boa sorte!



Hassin


Rodrigo Motta escreveu:Oi Pessoal,

Como já citei em alguns outros tópicos, estou montando o plano de negócios para uma pizzaria delivery aqui em Porto Alegre.

Tenho uma dúvida em relação a melhor forma de contratação dos entregadores:

1 - Comprar as motos e contratar entregadores (CLT)
2 - Contratar uma empresa ou cooperativa para fazer as entregas
3 - Contratar entregadores que já possuam moto como autonomo.


Sei que a 3a opção é a mais barata (diretamente) mas tenho medo dos processos trabalhistas que possam ocorrer nos casos 1 e 3. Já a opção 2, pelo que tenho pesquisado me parece encarecer demais os custos.

Gostaria da opinião do pessoal mais experiente :-)

Obrigado,

Rodrigo Motta


Pelo fato de ter lido este artigo achei que voce escreveu muito bem e de fato passo a mesma cituaçao aqui na minha pizzaria aonde que no final voce cita a familia parabens achei certo

marloncolt
INICIANTE
INICIANTE

Sexo : Masculino
Idade : 33
Localização : belo horizonte
Número de Mensagens : 27
Data de inscrição : 21/02/2009
Emprego/lazer : web desigener
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por HASSIN em Sab 28 Fev 2009, 02:32

Muito prazer Marlon!
E bem vindo a este fórum de amigos pizzeiros.

Agradeço os teus comentários e elogios e espero que você desfrute da nossa companhia e que possamos lhe ajudar na concretização dos teus planos e sonhos.

Um grande abraço meu amigo.

Hassin

_________________
Hassin Ghannam
Admin. do Fórum de Pizzas.

A luz deve avançar sempre, ainda quando esteja sufocada pelas trevas. Hassin Ghannam.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Antes de comprar um forno, conheça primeiro o Super Mini Cheff Plus!
Clique aqui para conhecê-lo: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

HASSIN
Administrador do Fórum
Administrador do Fórum

Sexo : Masculino
Idade : 54
Localização : Sao Paulo - Brasil
Número de Mensagens : 9884
Data de inscrição : 01/11/2008
Emprego/lazer : Fórum de Pizzas, Escola de Pizzaiollo, Campo e praia
Humor : Excelente
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por cleuton em Sab 28 Fev 2009, 20:49

Olá Hassin é um prazer está nesse forum que muito tem me despertado em varios assuntos em relação a minha decisão em trabalhar com pizzas. Só que ainda estou na duvida se coloco só delivery ou trabalho com restaurante.
Abraços,
Cleuton Aragão

cleuton
APRENDIZ
APRENDIZ

Sexo : Masculino
Idade : 52
Localização : Fortaleza-Ce
Número de Mensagens : 85
Data de inscrição : 25/12/2008
Emprego/lazer : Pizzaiolo/SENAI
Humor : Sempre de Bom humor
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por HASSIN em Dom 01 Mar 2009, 00:03

Boa noite Cleuton.

Agradeço a sua presença neste fórum, e espero que aqui encontre ajuda suficiente para começar o seu negócio com segurança e confiança.

Caro amigo você possui alguma experiência no ramo de restaurantes?
Vou aguardar a sua resposta para poder lhe instruir corretamente na sua decisão ok.

Grande abraço amigo.

Hassin Ghannam

_________________
Hassin Ghannam
Admin. do Fórum de Pizzas.

A luz deve avançar sempre, ainda quando esteja sufocada pelas trevas. Hassin Ghannam.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Antes de comprar um forno, conheça primeiro o Super Mini Cheff Plus!
Clique aqui para conhecê-lo: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

HASSIN
Administrador do Fórum
Administrador do Fórum

Sexo : Masculino
Idade : 54
Localização : Sao Paulo - Brasil
Número de Mensagens : 9884
Data de inscrição : 01/11/2008
Emprego/lazer : Fórum de Pizzas, Escola de Pizzaiollo, Campo e praia
Humor : Excelente
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por delubiod em Sex 20 Mar 2009, 17:09

Uma vantagem da utilização do serviço terceirizado é que quando nos fins de semana a demanda é maior, a empresa que contratei disponibiliza pessoal para suprir a demanda sem custo adicional.
Na verdade meu contrato é o seguinte, vou ter sempre 2 entregadores a disposição para a pizzaria, a partir do momento que as coisas apertarem a empresa terceirizada terá 40 minutos para mandar quantos entregadores houver necessidade para cobrir a demanda.
O negócio é rentável para eles e comodo para mim, pois irão cobrar R$7,00 por entrega, independente do numero de entregadores.
Eu vou subsidiar a entrega cobrando valores diferenciados pela kilometragem do cliente.
Cliente perto paga menos cliente longe paga mais.
Não defini ainda os valores, mas acho que vou bancar uns R$3,50 em média por entrega. Diminui o lucro, mas trabalho com segurança para mim e pro meu negócio.
Abraço a todos!!!

delubiod
PIZZAIOLLO
PIZZAIOLLO

Sexo : Masculino
Idade : 46
Localização : Goiânia
Número de Mensagens : 580
Data de inscrição : 05/02/2009
Emprego/lazer : Dono de Pizzaria
Humor : de boa
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por Convidad em Sab 21 Mar 2009, 14:54

Delubiod,
Fantástica sua solução. Um dia vou copiar.
Eudes

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por Daniel Nakandakari em Sex 27 Mar 2009, 11:47

Una noticia sobre el delivery.

Esta semana salió la sentencia de un accidente de un entregador aquí en la ciudad.

Un mercado tenía un entregador que hacía el delivery en moto de la empresa. La cosa es que se accidentó y terminó muriendo. El detalle, más allá de lo lamentable del suceso, es que este funcionario también estaba ganando comisiones por entrega. La familia entró en la justicia y el juez acaba de determinar que sí había relación laboral, lo peor es que según indica en la sentencia, no tenía cartera asinada, trabajaba sobretiempos, no tenía seguro y peor no tenía cartera de motorista. Resultado ha impuesto una reparación de 145 mil reales para la familia.

Con todo esto quiero decir que tenemos que tener mucho cuidado con nuestros entregadores, sobre todo porque somos nosotros los que muchas veces los hacemos correr en su servicio.

Abrazos,

Daniel

Daniel Nakandakari
APRENDIZ
APRENDIZ

Sexo : Masculino
Idade : 40
Localização : Mato Grosso
Número de Mensagens : 53
Data de inscrição : 25/03/2009
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por HASSIN em Sex 27 Mar 2009, 13:23

Tienes toda razón amigo Daniel.

Una fatalidad que a nadie piensa que puede ocurrir.
Por eso, entregar a domicilio requiere cuidados profundos y mucho control.
La mejor opción es tener un equipo tercerizado, tal como citó el amigo Delubio contractando uma empresa externa para el servicio de domicilio. Su responsabilidad en ese sentido queda sin efecto para problemas de esta naturaleza.

Gracias amigo y suerte!

Hsssin

_________________
Hassin Ghannam
Admin. do Fórum de Pizzas.

A luz deve avançar sempre, ainda quando esteja sufocada pelas trevas. Hassin Ghannam.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Antes de comprar um forno, conheça primeiro o Super Mini Cheff Plus!
Clique aqui para conhecê-lo: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

HASSIN
Administrador do Fórum
Administrador do Fórum

Sexo : Masculino
Idade : 54
Localização : Sao Paulo - Brasil
Número de Mensagens : 9884
Data de inscrição : 01/11/2008
Emprego/lazer : Fórum de Pizzas, Escola de Pizzaiollo, Campo e praia
Humor : Excelente
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por Rodrigo em Sex 27 Mar 2009, 22:24

Um aviso quanto a esse assunto... independente do que se paga e do acordo que fazem com os motoboys, por escrito ou não, pela LEI um funcionário que trabalha mais de 3 ou mais vezes por semana para alguém ou alguma empresa JA POSSUI VÍNCULO EMPREGATÍCIO, e deve ser assumido como tal, com todos os registros e encargos que isso gera.

Então mesmo você fazendo as coisas pelo bom senso, pagando bem e tratando cordialmente o seu boy não-contratado, se ele um dia quiser ou se apertar de $$ ou qq outra coisa que aconteça e ele resolver entrar na justiça, é causa GANHA para ele. E muita dor de cabeça e prejuízo para a empresa.

A melhor saída é ou criar um vínculo empregatício mesmo, apesar dos custos, e fixar um salário independente da quantidade de pizzas entregues (atenção para citar no contrato o horário de trabalho, senão ele terá direito a horas extras por causa do horário se trabalhar à noite). Ou fazer um contrato com uma empresa própria pra isso, terceirizando, o que também pode ser feito com uma cooperativa de motoboys.

O barato muitas vezes sai caro, principalmente quando lidamos com esse tipo de funcionário. Além de tudo o que não se pagou a ele que deverá ser pago corrigido, acrescido de compensações, você ainda terá alguns talões de multas a pagar e problemas sérios para o resto da vida da empresa, pq o ministério do trabalho (e os demais órgãos públicos, incl. vigilancia sanitária) sempre vai ficar em cima do seu cnpj.

Voltando a citar as grandes redes, é tudo terceirizado com empresas. Algumas optam por cobrar por fora (R$ 4,00), outras por embutir este valor no preço da pizza. As pizzarias menores normalmente não cobram pela entrega, para não encarecer o preço final da pizza.

Como curiosidade, uma rede aqui de alimentação/pizzaria aqui do RJ cobra diferente, acrescenta 15% em cima do preço do pedido.

[]s
Rodrigo

Rodrigo
MASSEIRO
MASSEIRO

Sexo : Masculino
Idade : 37
Localização : Rio de Janeiro RJ
Número de Mensagens : 289
Data de inscrição : 28/01/2009
Emprego/lazer : Cirurgiao-dentista
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por HASSIN em Dom 29 Mar 2009, 14:58

Tens toda razão Rodrigo!



Muito boa as tuas orientações!

Prevenir é melhor que remediar, sempre!



Grande abraço amigo!



Hassin

_________________
Hassin Ghannam
Admin. do Fórum de Pizzas.

A luz deve avançar sempre, ainda quando esteja sufocada pelas trevas. Hassin Ghannam.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Antes de comprar um forno, conheça primeiro o Super Mini Cheff Plus!
Clique aqui para conhecê-lo: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

HASSIN
Administrador do Fórum
Administrador do Fórum

Sexo : Masculino
Idade : 54
Localização : Sao Paulo - Brasil
Número de Mensagens : 9884
Data de inscrição : 01/11/2008
Emprego/lazer : Fórum de Pizzas, Escola de Pizzaiollo, Campo e praia
Humor : Excelente
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Muito boas todas essas informações...

Mensagem por Mancio em Seg 06 Jul 2009, 02:03

Moro nos EUA há 9 anos e trabalho com entrega de pizzas. E estou pensando em voltar para o Brasil agora em dezembro e estou fazendo exatamente o que o SEBRAE indica para quem quer iniciar o próprio negócio no ramo de pizzaria: INFORMAÇÃO. Foi por acaso que achei esse FORUM e fiquei impressionado com tanta informação e já consegui reunir o maior número possível de informações ÚTEIS para a abertura de meu futuro negócio. Vocês estão de parabens. Abraços a todos.

Mancio
INICIANTE
INICIANTE

Sexo : Masculino
Idade : 54
Localização : Itapetinga - Bahia
Número de Mensagens : 1
Data de inscrição : 06/07/2009
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por almirabraao em Seg 06 Jul 2009, 03:50

Delubiod

como esta, espero que bem, tenho duas perguntas.
voce gasta em torno de 28 % com o delivery ?
Estou indo pro Brasil e gostaria de saber como e a adaptacao ai pois tenho dois filhos 13 e 14 anos que foram criados aqui nos EUA gostaria de saber noticias sobre essa experiencia que teve ao ir para o Brasil.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] se puder deiche o telefone tb.

obrigado

almir

almirabraao
INICIANTE
INICIANTE

Sexo : Masculino
Idade : 48
Localização : Cincinnati Ohio EUA
Número de Mensagens : 29
Data de inscrição : 14/06/2009
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por LA FORTUNATA em Seg 13 Jul 2009, 17:11

Olá boa tarde, agradeço a todos pelas dicas que colocam a disposição, estou a pouco tempo aqui no fórum e já aprendi muito com a vossa ajuda, estou no ramo de pizzaria delivery a dois meses e ainda estou tentando acertar com os entregadores e estas dicas ajudaram muito.

Espero em breve poder retribuir a ajuda com algumas dicas e opiniões, mas de momento ando numa correria imenssa, trabalho como técnico de informática de dia e vendo pizza á noite então tempo é o que não tenho sobrando mas assim que conseguir me organisar virei aqui para retribuir a ajuda.

Um forte abraço e sucesso a todos nós.

LA FORTUNATA
INICIANTE
INICIANTE

Sexo : Masculino
Idade : 45
Localização : SÃO PAUO
Número de Mensagens : 24
Data de inscrição : 26/06/2009
Emprego/lazer : TÉCNICO DE INFORMÁTICA / DONO DE PIZZARIA
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por LA FORTUNATA em Seg 13 Jul 2009, 17:53

Já agora, qual é a diaria de um entregador de pizzas em São Paulo.

E a onde posso encontrar entregadores de pizza na Zona Sul de São Paulo, estou só com um entregador e estou precisando de pelo menos mais dois entregadores, se puderem ajudar-me mais uma vez eu agradeço.

Abraço a todos e muito sucesso para todos nós.

LA FORTUNATA
INICIANTE
INICIANTE

Sexo : Masculino
Idade : 45
Localização : SÃO PAUO
Número de Mensagens : 24
Data de inscrição : 26/06/2009
Emprego/lazer : TÉCNICO DE INFORMÁTICA / DONO DE PIZZARIA
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por Convidad em Seg 13 Jul 2009, 18:48

Que bom que já está em funcionamento ai com sua pizzaria La Fortunata.
Com relação a onde contratar.
Eu observei que aqui na minha região estão com um tipo de central de entregadores.
Os motoboy´s se reuniram e ficam em um telefone ou nextel.
A pizzaria liga avisa que tem uma entrega alguém pega o disponível no momento e ele vem voando (literalmente).
Faz a entrega e se não houver uma outra ela volta pra central se não pegar outro chamado no caminho.
Parece uma central de taxi, onde o passageiro é a pizza.
Lhe recomendo observar a concorrência e tentar contactar alguns dos entregadores, geralmente passam o telefone de um conhecido ou quem sabe de alguém que presta este tipo de serviço.
Se tem contrato este que comentei já não saberei dizer, pois somente observei isso quando pedi pizza recentemente....

LA FORTUNATA escreveu:Já agora, qual é a diaria de um entregador de pizzas em São Paulo.

E a onde posso encontrar entregadores de pizza na Zona Sul de São Paulo, estou só com um entregador e estou precisando de pelo menos mais dois entregadores, se puderem ajudar-me mais uma vez eu agradeço.

Abraço a todos e muito sucesso para todos nós.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por LA FORTUNATA em Ter 14 Jul 2009, 09:44

Olá bom dia, obrigado amigo Bambino pela sua dica, vou tentar falar com alguns motoqueiros para ver se eles indicam algum amigo.

Abraço e sucesso para todos nós.

LA FORTUNATA
INICIANTE
INICIANTE

Sexo : Masculino
Idade : 45
Localização : SÃO PAUO
Número de Mensagens : 24
Data de inscrição : 26/06/2009
Emprego/lazer : TÉCNICO DE INFORMÁTICA / DONO DE PIZZARIA
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por jmnascim em Qui 08 Out 2009, 18:24

Olá pessoal, e se invés de cobrarmos a entrega não colocamos o custo da empresa de motoboy nos custos variaveis, não seria melhor que cobrar por entrega????

jmnascim
APRENDIZ
APRENDIZ

Sexo : Masculino
Idade : 45
Localização : Vila Velha - Es
Número de Mensagens : 133
Data de inscrição : 20/05/2009
Emprego/lazer : Microempresário / Jogador de Basquete
Humor : Tudo azul !!!!!!!!!!!!!
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por VITOR TOKORO em Sex 16 Out 2009, 18:22

olá JMNascim e todos,

a saída do Delubio é uma das melhores alternativas para quem não quer correr risco. No meu entender, nosso negócio é pizza e não entrega, logo, tudo que não for relacionado a isso pode ser terceirizado, inclusive a entrega. Em consulta com um consultor do SEBRAE ele me disse que terceirizar não caracteriza vinculo empregatício, desde que tenha um contrato firmado com a empresa. Pode parecer mais caro, mas a conta que será paga não gera nenhum passivo, ou seja, se amanhã você quiser vender ou fechar estabelecimento vai ter certeza de não ter nenhuma pendência.

Agora, o formato, cada um define como achar melhor. A meu ver, o repasse total ou parcial do custo da entrega é uma das melhores alternativas. As grandes redes fazem isso Brasil afora e ninguém reclama. O McDonalds cobra R$ 5,50 por entrega.

Outra modalidade que pode ser realizada é contratar o entregador como empreendedor individual, mas aí você tem que convencê-lo a se regularizar para poder fazer um contrato. Aqui no MS ainda não está implantado.

Para quem quiser saber mais:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Abraços,
Vitor Tokoro.


Última edição por Vitor Tokoro em Sex 16 Out 2009, 18:27, editado 1 vez(es) (Razão : empreendedor individual)

VITOR TOKORO
Moderador
Moderador

Sexo : Masculino
Idade : 52
Localização : Mato Grosso do Sul
Número de Mensagens : 579
Data de inscrição : 29/04/2009
Emprego/lazer : Pizza/Pizza
Humor : :)
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por Convidad em Sab 17 Out 2009, 00:54

Vitor,

Essa questão que nosso produto é pizza e não entrega é muito questionado. Se for provado que sua pizzaria é delivery, inclusive com seu próprio cardápio/folder, vc não pode terceirizar sua entrega, portanto, o motoqueiro tem sim direito a tudo, infelizmente.

Hj trabalho irregular, e 90% dos processos que tive, dancei.

Agora o pior mesmo é como foi citado acima, já tive 2 acidentes com motoboys. Graças a Deus, ninguém teve nada pior do que um pino na perna. Nesse pior caso, dei toda a ajuda para ele, levei ao hospital, fiquei a madrugada toda para dar entrada (era hospital público), voltei no outro dia, fui buscar roupa, paguei lanche, paguei o remédio e mais 3 meses que ele ficou de molho. Achei barato, pois se tivesse "se ido" com certeza minha dor de cabeça seria enorme.

Estou pensando em fazer clt mesmo e colocar nos custos. Se for ver custo x benefício pelos processos que tive, ainda estou no lucro, mas se o problema for pior, ai a coisa vai pegar.

Agora, o Ricardo, das Pizzarias Unidas, disse que eles resolveram o problema com os motoqueiros, mas infelizmente ele não pode repassar por normas do grupo.

La Fortunata, para contratar, o melhor mesmo é indicação deles mesmo. Sempre tem algum amigo procurando. Outra forma, e a que acho bem prática, é colocar a famosa plaquinha na porta da pizzaria. Eles estão sempre passando e sempre procurando alguém que pague alguns centavos a mais.

Abs

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por VITOR TOKORO em Dom 18 Out 2009, 12:10

Ricardo,

acho que sua preocupação é uma das maiores preocupações que todos aqui temos. E muito obrigado pelos relatos baeado em sua experiência. A lei é leonina para o lado do empregador, mas fazer o quê? Acho que a alternativa que você coloca de contratação clt é a mais segura. Algumas das maiores pizzarias aqui em CG optam por este tipo de contratação. Agora, a única coisa que não me sai da cabeça: como o McDonald's, por exemplo, faz com suas entregas? E será que o relato do consultor do SEBRAE não tem fundamento?

Abraços,

_________________
Vitor Tokoro
"Vamos em frente!"

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

VITOR TOKORO
Moderador
Moderador

Sexo : Masculino
Idade : 52
Localização : Mato Grosso do Sul
Número de Mensagens : 579
Data de inscrição : 29/04/2009
Emprego/lazer : Pizza/Pizza
Humor : :)
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por DOUTRINADOR em Dom 18 Out 2009, 12:21

Vitor Tokoro escreveu:
Outra modalidade que pode ser realizada é contratar o entregador como empreendedor individual, mas aí você tem que convencê-lo a se regularizar para poder fazer um contrato. Aqui no MS ainda não está implantado.

Abraços,
Vitor Tokoro.

Não será ésta uma solução plausivel?

_________________
Carlos Flavio Angelo - Doutrinador

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

DOUTRINADOR
Monitor/Sponsor
Monitor/Sponsor

Sexo : Masculino
Idade : 50
Localização : Bragança Paulista
Número de Mensagens : 14444
Data de inscrição : 10/05/2009
Emprego/lazer : Ex tecnico em eletronica, eletrica, mecanica e robótica e programador web.
Humor : Muito, graças a Deus.
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por Convidad em Dom 18 Out 2009, 12:27

Caro Vitor,

O q sei eh q o Macdonald´s e Habbib´s trabalha com uma mesma empresa terceirizada aqui na região do ABC, essa empresa que fica responsavel pela contratação e gerenciamento dos entregadores.

Agora se eles entregam lanches, e como diz a lei, vc não pode terceirizar nenhum processo que seja o principal do seu ramo, sei la, mas se eles fazem, é pq é legal creio eu, pq o q estas redes gastam de depto juridico por mes eu não ganho no ano!!!

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

default Como remunerar pela CLT?

Mensagem por Jean Destro em Seg 19 Out 2009, 02:38

Saudações a todos!

Tenho uma pizzaria em Ribeirão Preto e atualmente estou enfrentado um processo trabalhista com um entregador.

Há três anos todos os meus entregadores trabalham sem registro e agora eu resolvi registrá-los.

Como a categoria dos motoboys não possui um sindicato (pelo menos em Ribeirão Preto não existe) e portanto um salário base, vou pagar o salário base dos empregados de bares, restaurantes, hoteis e similares, que atualmente é de R$ 575,00 para trabalharem 7 horas e 20 minutos por dia, com uma folga semanal.

Quero trabalhar 100% dentro da lei e não deixar nenhuma "ponta solta".

Minha dúvida é como pagar uma ajuda de custo, já que eles continuarão utilizando a própria moto?

Será que é possível realizar um contrato de comodato ou aluguel da moto?

Pois somente pelo salário base eles não ficarão e provavelmente irão me acionar judicialmente.

Contratá-los como microempreendedores individuais, do ponto de vista do meu advogado, não resolve o problema devido a essa modalidade de empresa ser individual e não limitada. E prestar serviço de entregas para uma única empresa, com habitualidade, subordinação, onerosidade e alteridade, caracteriza o vínculo empregatício.

Grato àqueles que opinarem.

Um abraço.

Jean Destro
INICIANTE
INICIANTE

Sexo : Masculino
Idade : 37
Localização : Ribeirão Preto
Número de Mensagens : 2
Data de inscrição : 19/10/2009
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por JackieSilva em Seg 19 Out 2009, 11:44

Pessoal

Vejam o que diz o Sebrae. O que tenho medo realmente é de reclamação trabalhista e acidente.

É preciso ter muito cuidado.

Um grande abraço a todos

Jackie Campelo
===================================

Como contratar motoqueiros para entregas delivery de uma pizzaria?



As características desta atividade são: horário em média 4 ou 5 horas diárias, com maior intensidade nos finais de semana. A atividade de Moto Boy ou motoqueiro, tem um alto índice de acidentes.
Assim, sugiro que o empresário contrate os motoqueiro por meio do Contrato de Trabalho a Tempo Parcial, que significa jornada máxima semanal de 25 horas, não admitindo hora extra, sendo que o pagamento da remuneração é por hora, respeitada a hora piso da categoria, ou seja, todos os pagamentos são proporcionais ao número de horas trabalhadas, e ainda, as férias também são proporcionais.

Conforme artigos da CLT abaixo:
Art. 58-A - Considera-se trabalho em regime de tempo parcial aquele cuja duração não exceda a vinte e cinco horas semanais. (Acrescentado pela [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.], DOU 27-08-2001)
§ 1º - O salário a ser pago aos empregados sob o regime de tempo parcial será proporcional à sua jornada, em relação aos empregados que cumprem, nas mesmas funções, tempo integral. (Acrescentado pela MP n.º 2.164-41 [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.], DOU 27-08-2001 - v. [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
§ 2º - Para os atuais empregados, a adoção do regime de tempo parcial será feita mediante opção manifestada perante a empresa, na forma prevista em instrumento decorrente de negociação coletiva. (NR). (Acrescentado pela [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.], DOU 27-08-2001 v. [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Art. 130 - A - Na modalidade do regime de tempo parcial, após cada período de doze meses de vigência do contrato de trabalho, o empregado terá direito a férias, na seguinte proporção:
I - dezoito dias, para a duração do trabalho semanal superior a vinte e duas horas, até vinte e cinco horas;
II - dezesseis dias, para a duração do trabalho semanal superior a vinte horas, até vinte e duas horas;
III - quatorze dias, para a duração do trabalho semanal superior a quinze horas, até vinte horas;
IV - doze dias, para a duração do trabalho semanal superior a dez horas, até quinze horas;
V - dez dias, para a duração do trabalho semanal superior a cinco horas, até dez horas;
VI - oito dias, para a duração do trabalho semanal igual ou inferior a cinco horas.

Parágrafo único - O empregado contratado sob o regime de tempo parcial que tiver mais de sete faltas injustificadas ao longo do período aquisitivo terá o seu período de férias reduzido à metade. (NR).
Obs.: Artigo acrescentado pela [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.], DOU 27-08-2001 v. [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Exemplo:

O cliente poderá contratar um motoqueiro para trabalhar de segunda a sexta- feira das 19 às 23 horas = 25 horas semanais, e um motoqueiro para trabalhar de sexta-feira, sábado e domingo, 18 às 24 horas = 18 horas semanais.
Direitos do Trabalhador com Contrato de Trabalho a Tempo Parcial = Registro em Carteira, férias proporcionais, FGTS, INSS.

Sandra Regina Bruno Fiorentini
Consultora - Sebrae-SP


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


================================================

JackieSilva
APRENDIZ
APRENDIZ

Sexo : Feminino
Idade : 42
Localização : DIADEMA SAO PAULO
Número de Mensagens : 38
Data de inscrição : 08/07/2009
Emprego/lazer : BANCARIA/ESPORTE
Humor : MUITO ALEGRE E OTIMISTA
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por JackieSilva em Seg 19 Out 2009, 11:52

Vejam

================================================

Outras leituras:



Reconhecimento de Vínculo Empregatício de Motoboy

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Por Bueno & Costanze

26 de maio de 2008



Motoboy é um profissional que utiliza uma motocicleta (geralmente de baixa cilindrada, de 125 a 250 cc) para fazer entregas e receber diversos tipos de objetos: Pizzas, fast-food em geral, documentos, pagamentos de boletos bancários etc. A palavra Motoboy é um neologismo que não pertence a língua inglesa, mas foi cunhado no Brasil pela justaposição de sufixo moto (redução de motocicleta) e Boy (garoto, rapaz em inglês).



Trata-se de uma profissão nova, surgida há poucas décadas, com a saturação do trânsito das grandes cidades e a necessidade de transportar objetos com rigidez, agilidade e baixo custo. Entretanto, exige que o profissional cumpra longas jornadas de trabalho em troca de rendimentos maiores, sem contar as pressões para a realização das funções no menor tempo possível.



Os motoboys estão sujeitos a um alto índice de acidentes por causa dos problemas elencados anteriormente, além da questão da baixa segurança passiva das motocicletas.

Muito se fala sobre os direitos trabalhistas desses profissionais, visto que não possuem nem trabalham com vinculo empregatício como outros.



Há ocorrido um grande aumento com relação à procura dessa categoria à Justiça do Trabalho, a fim de possuírem condições adequadas e garantias que somente um funcionário registrado tem.



Tem ocorrido muitas ações procedentes para os motoboys.



Para os juízes da 1ª Turma do Tribunal Regional de Trabalho da 2ª Região ( TRT-SP ), o motoboy que trabalha somente para uma empresa, mantém vínculo empregatício com ela. Este entendimento foi firmado em um recurso, contra sentença da 2ª Vara do Trabalho de São Caetano do Sul (SP).



Inconformada com a sentença a reclamada apelou ao TRT-SP, sustentando que o reclamante prestava serviços como autônomo, pois utilizava a própria motocicleta e arcava com despesas de reparos e de combustível.



Segundo o Juiz, relator do recurso do Tribunal, "O empregador pode contratar serviços de empresas do ramo, ou mesmo de cooperativas de trabalho de motoqueiros".

Para o relator, contudo, "que não se figura legítimo, é não ter o motoqueiro qualquer garantia e proteção social e ser ativado nos serviços complementares do empregador, como entrega de mercadorias, de documentos e outros trabalhos.



No entender do Juiz, se o motoboy trabalha em uma só empresa, mantém vínculo empregatício com ela, nos termos dos Artigos 2º e 3º da Consolidação das Leis Trabalhistas, que iremos transcrever abaixo:



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]Art. 2º Considera-se empregador a empresa, individual ou coletiva, que, assumindo os riscos da atividade econômica, admite, assalaria e dirige a prestação pessoal de serviço.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]§ 1º Equiparam-se ao empregador, para os efeitos exclusivos da relação de emprego, os profissionais liberais, as instituições de beneficência, as associações recreativas ou outras instituições sem fins lucrativos, que admitirem trabalhadores como empregados.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]§ 2º Sempre que uma ou mais empresas, tendo embora, cada uma delas, personalidade jurídica, própria estiverem sob a direção, controle ou administração de outra constituindo grupo industrial, comercial ou de qualquer outra atividade econômica, serão, para os efeitos da relação de emprego, solidariamente responsáveis a empresa principal e cada uma das subordinadas.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]Art. 3º Considera-se empregado toda pessoa física que prestar serviços de natureza não eventual a empregador, sob dependência deste e mediante salário.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]Parágrafo único. Não haverá distinções relativas à espécie de emprego e à condição de trabalhador, nem entre o trabalho intelectual, técnico e manual.



Há casos também em que se entende que há vínculo empregatício de motoboys em pizzarias. Análise surgiu no caso envolvendo um motoboy que utilizava sua motocicleta no serviço, entrou com um processo pedindo o reconhecimento de vínculo empregatício. Na ação, o motoboy alegou que trabalhou na pizzaria por sete meses como entregador de pizzas sem carteira assinada, e sem receber direitos como férias, e FGTS, entre outros. Foi dado nesse caso, total procedência de ação na parte do entregador.



Vale lembrar, que essas informações são baseadas em fatos concretos, o que muito se tem visto em processos trabalhistas com essa categoria.

Jackie

JackieSilva
APRENDIZ
APRENDIZ

Sexo : Feminino
Idade : 42
Localização : DIADEMA SAO PAULO
Número de Mensagens : 38
Data de inscrição : 08/07/2009
Emprego/lazer : BANCARIA/ESPORTE
Humor : MUITO ALEGRE E OTIMISTA
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por JackieSilva em Seg 19 Out 2009, 12:08

Caros amigos!

Mais alguns cuidados!
Aqui perto de casa um rapaz se acidentou quando fazia entrega de pizzas, e no caso dele, foi muito grave, com risco de não poder andar de novo. Imaginem que com certeza ele e a família pedirão assistência a Pizzaria ou entrarão na Justiça. Não tiveram a sorte do Ricardo.



Jackie



Empresas e a contratação de Motoboys

11 de agosto de 2009



O exercício das atividades dos profissionais em transporte de passageiros, “mototaxista”, em entrega de mercadorias e em serviço comunitário de rua, e “motoboy”, com o uso de motocicleta foi regulamentado através da Lei 12.009/2009, publicada no dia 30.07.2009.



Como já é de conhecimento geral o serviço de motoboy tem sido cada vez mais explorado e vem apresentando um crescimento gigantesco no mercado de trabalho, seja por meio das empresas, escritórios, hospitais, clínicas, entidades governamentais, pizzarias, restaurantes, enfim, infinitos ramos comerciais e industriais que se utilizam desta prestação de serviço na sua operação.




Com a acirrada competitividade que se apresenta no mundo globalizado as empresas passaram a ter que produzir cada vez mais e com menor custo. Sob este aspecto os serviços prestados pelos motoboys tem se apresentado como uma alternativa cada vez mais eficiente, tanto pela velocidade no atendimento ao cliente quanto na redução do custo.

O problema é que não havia qualquer lei que disciplinasse especificamente este tipo de trabalho, o que gerava inúmeras contratações informais de pessoas que se utilizavam desta atividade como uma segunda fonte de renda, ou seja, exerciam uma atividade durante o dia e durante a noite trabalhavam como motoboys.




Observando o grande crescimento desta forma de prestação de serviço e a falta de regulamentação legal, o legislador buscou estabelecer alguns critérios mínimos para que estes trabalhadores pudessem desenvolver suas atividades com maior segurança, tais como:




* Ter idade mínima de 21 anos;



* Ter tempo habilitação de no mínimo 2 anos na categoria;



* Obedecer a normas de segurança;



* Participar e ser aprovado em curso específico;



* Inspecionar semestralmente os equipamentos de segurança;



* Não transportar combustíveis, produtos químicos ou inflamáveis, dentre outros.




Dentre estes critérios estabelecidos o legislador buscou também assegurar que a empresa contratante (pessoa física ou jurídica) se responsabilize pelo trabalhador contratado, ou seja, cabe a empresa contratante assegurar que os critérios estabelecidos pela lei sejam respeitados pelo trabalhador contratado.

Não obstante, conforme estabelece o art. 6º desta nova lei, a pessoa natural ou jurídica que empregar ou firmar contrato de prestação continuada de serviço com condutor de moto-frete é responsável solidária por danos cíveis advindos do descumprimento das normas relativas ao exercício da atividade, previstas no art. 139-A do Código de Trânsito Brasileiro, e ao exercício da profissão, previstas no art. 2o da Lei 12.009/2009.

Constitui infração a nova Lei:




I – empregar ou manter contrato de prestação continuada de serviço com condutor de moto-frete inabilitado legalmente;




II – fornecer ou admitir o uso de motocicleta ou motoneta para o transporte remunerado de mercadorias, que esteja em desconformidade com as exigências legais.

A empresa que empregar ou firmar contrato em desconformidade com o previsto nos incisos I e II acima estarão sujeitos à sanção prevista no art. 201 da CLT, além da responsabilidade civil solidária por eventuais danos que forem comprovados.

O responsável solidário é aquele que tem a obrigação de reparar o dano da mesma forma que o causador. Portanto, de acordo com a nova lei, caso o motoboy cause algum dano a terceiro e não tenha condições de reparar este dano, a empresa que o contratou estará obrigada a fazer esta reparação.




Fonte: Guia Trabalhista
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]






[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Regulamenta o exercício das atividades dos profissionais em transporte de passageiros, “mototaxista”, em entrega de mercadorias e em serviço comunitário de rua, e “motoboy”, com o uso de motocicleta, altera a Lei no 9.503, de 23 de setembro de 1997, para dispor sobre regras de segurança dos serviços de transporte remunerado de mercadorias em motocicletas e motonetas – moto-frete –, estabelece regras gerais para a regulação deste serviço e dá outras providências.


JackieSilva
APRENDIZ
APRENDIZ

Sexo : Feminino
Idade : 42
Localização : DIADEMA SAO PAULO
Número de Mensagens : 38
Data de inscrição : 08/07/2009
Emprego/lazer : BANCARIA/ESPORTE
Humor : MUITO ALEGRE E OTIMISTA
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por Convidad em Seg 19 Out 2009, 12:32

Art. 130 - A - Na modalidade do regime de tempo parcial, após cada período de doze meses de vigência do contrato de trabalho, o empregado terá direito a férias, na seguinte proporção:
I - dezoito dias, para a duração do trabalho semanal superior a vinte e duas horas, até vinte e cinco horas;
II - dezesseis dias, para a duração do trabalho semanal superior a vinte horas, até vinte e duas horas;
III - quatorze dias, para a duração do trabalho semanal superior a quinze horas, até vinte horas;
IV - doze dias, para a duração do trabalho semanal superior a dez horas, até quinze horas;
V - dez dias, para a duração do trabalho semanal superior a cinco horas, até dez horas;
VI - oito dias, para a duração do trabalho semanal igual ou inferior a cinco horas.

Jackie
, Bom dia!


A alguns anos atrás participei de uma palestra da consultora Sandra Fiorentini no Associação Comercial de São Caetano do Sul, otima palestra por sinal. Sai de lá com todas essas informações, achando que tinha resolvido meu problema de mão de obra sem registro em minha loja, fiz varios contatos (Contador, sindicato patronal e sindicato funcionarios) e todos me orientaram que isso dessa forma não era possivel, como no final da palestra a Sandra atende a todos eu tinha pegado um cartão dela com seu telefone, acabei depois de alguns dias ligando e falando das dificuldades encontradas e ele me disse que esse tipo de contratação so vale para quem não tem em sua região sindicato que representa os funcionarios, que acima de tudo, o que vale é a convenção trabalhista acordada entre as partes (patronal e funcionarios) agora pergunto. Pq o SEBRAE fica dando consultoria, iludindo nós simples mortais, sendo q eles mesmo sabem que em 90% do estado essa lei não serve ???

Depois da palestra maravilhosa vem falar que não serve pra grande maioria...

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por JOSE CARLOS (CANHOTO) em Seg 19 Out 2009, 20:49

BOA NOITE...
AQUI EM PORTO ALEGRE TEM DOIS TIPOS DE ENTREGAS.
A PRIMEIRA:SE FOR UM BAIRRO CLASSE MÉDIA ALTA É COBRADO UM VALOR EM MÉDIA DE 3,00 REAIS.
A SEGUNDA:SE FOR BAIRRO CLASSE MÉDIA BAIXA NÃO É COBRADO VALOR DE ENTREGA.

NO MEU CASO VOU ABRIR EM UM BAIRRO DA SEGUNDA OPÇÃO.
PELO QUE ESTOU VENDO O FUTURO CONCORRENTE EMBUTE A ENTRAGA NO VALOR FINAL DA PIZZA.

O VALOR COBRADO AQUI É O SEGUINTE...

REDONDA 30 CM ............ 14,00
" 35 CM ........... 18,00
" 45 CM ......... 22,00

E/TEMPO. EU ACHO QUE ESTA EMBUTIDO O PREÇO.

POR ESTE MOTIVO NO INICIO DEVEREI SEGUIR AS REGRAS,DEPOIS CONFORME VOU ME ENTROSANDO COM AS REDONDAS.
É UM PROBLEMA QUE TEREI, ARRUMAR MOTOBOY,VER COMO FAÇO PARA PAGALOS,DORES DE CABEÇA ETC...
UM ABRAÇO

JOSE CARLOS (CANHOTO)
CHEFF
CHEFF

Sexo : Masculino
Idade : 57
Localização : PORTO ALEGRE... R.G DO SUL
Número de Mensagens : 1030
Data de inscrição : 09/08/2009
Emprego/lazer : EMPREENDIMENTO DE PIZZAS E LANCHES -PRAIA
Humor : NORMAL PARA UM DIA ANORMAL
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por Marcos Barbosa em Qua 18 Nov 2009, 22:17

Esse negócio de entrega é difícil mesmo. Alguém já parou para pensar que o motoboy é seu sócio? Ganha quase a metade do que você ganha? Alguém já parou e fez as contas de quanto o motoqueiro ou a cooperativa consomem do faturamento?

Marcos Barbosa
MASSEIRO
MASSEIRO

Sexo : Masculino
Idade : 40
Localização : Goiânia -
Número de Mensagens : 185
Data de inscrição : 29/10/2009
Emprego/lazer : Jornalista
Humor : Bom demais
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Entrega

Mensagem por pizzaquest em Qua 10 Mar 2010, 17:07

Estou em fase de planejamento de uma pizzaria delivery e aposto no formato de contratação do motoboy como funcionário da empresa (CLT).

Não gosto da idéia de ter o entegador como "sócio", isto é, com margem igual ou muito próxima a minha. Além disso, uma pizzaria essencialmente delivery possui a entrega dentro do seu negócio. Não é o core, mas faz parte do negócio. O momento da entrega é o único contato direto com cliente e deve ser repensado pela maioria das pizzarias (opinião minha, claro). A variedade de pizzas no mercado é muito grande e diferenciar-se no serviço pode ser uma opção bastante lucrativa.

Cuidado ao pensar que seu negócio termina quando você retira a pizza do forno e entrega para um motoboy.

Abraço a todos.

pizzaquest
INICIANTE
INICIANTE

Sexo : Masculino
Idade : 31
Localização : Porto Alegre
Número de Mensagens : 2
Data de inscrição : 10/03/2010
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por Marcos Barbosa em Qui 11 Mar 2010, 10:16

Jamais devemos pensar que o negócio acaba ali na entrega, principalmente porque se aquele cliente não ligar mais, algum motivo ele teve.....o problema de contratar pela CLT (ainda tem muita gente que faz isso), é o seguinte - você contrata um motoqueiro. Ele está trabalhando norma, você coloca ele para fazer alguma coisa na pizzaria na hora da folga....só que amanhã ele adoece....e aí? Quem vai para o lugar dele? Ou ele sai na esquina e batem na moto dele? Quem vai pagar a moto? Quem vai substituir a moto até consertar? Já pensou nisso também? Como estar preparando para esses probleminhas que vão surgir?

Marcos Barbosa
MASSEIRO
MASSEIRO

Sexo : Masculino
Idade : 40
Localização : Goiânia -
Número de Mensagens : 185
Data de inscrição : 29/10/2009
Emprego/lazer : Jornalista
Humor : Bom demais
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por DOUTRINADOR em Qui 11 Mar 2010, 11:15

Marcão, eu tambem tenho medo de CLT.

Não sei se foi o Delubio que nos ensinou ser mais vantajoso contratar uma cooperativa de motoboys.

Eu já tenho a minha em vista, aliás, quando falaram sobre cooperativa, isso não existia na cidade.

Não sei se eles ouviram as palavras do Delubio, mas agora aqui ao lado de casa tem 6 que eu conheço, fóra as escondidas.

Pretendo falar com eles e fazer um acordo vantajoso.
Hoje uma corrida dentro do bairro fica R$ 2,50, mas eu acho que dá pra melhorar este preço ainda mais.

Para que o motoqueiro fique o tempo todo na pizzaria (18 á 1 da manhã) o preço fica entre 25 á 35 reáis.

Vamos ver isso mais adiante, pois pretendo estar com as portas abertas em 1 mês.


Abs

_________________
Carlos Flavio Angelo - Doutrinador

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

DOUTRINADOR
Monitor/Sponsor
Monitor/Sponsor

Sexo : Masculino
Idade : 50
Localização : Bragança Paulista
Número de Mensagens : 14444
Data de inscrição : 10/05/2009
Emprego/lazer : Ex tecnico em eletronica, eletrica, mecanica e robótica e programador web.
Humor : Muito, graças a Deus.
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por pizzaquest em Qui 11 Mar 2010, 11:38

Colegas, tudo tem o seu lado positivo e negativo. Não existe solução perfeita, mas uma (ou mais) que atendem melhor a nossa expectativa.
Realmente, com veículo próprio e entregador próprio estamos sujeitos a acidentes, a falta do colaborador por diversos motivos, etc., mas isso existe em todos os negócios. A questão está nas vantagens que podem existir em trabalhar nessa modalidade e nos planos de contingência traçados caso um desses problemas venha a ocorrer.
Por exemplo: com veículo próprio você pode escolher o modelo do veículo, optar por aquele que mais de adapta a sua intenção (seja em segurança, em custo de aquisição, em custo operacional, etc.), personalizar a pintura do veículo com a marca da pizzaria, etc. O marketing possível aqui é quase ilimitado!
Também não sei se dará o resultado que espero, pois ainda não inaugurei a pizzaria. Posteriormente, podemos discutir sobre os resultados obtidos.

Abraço.

pizzaquest
INICIANTE
INICIANTE

Sexo : Masculino
Idade : 31
Localização : Porto Alegre
Número de Mensagens : 2
Data de inscrição : 10/03/2010
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por Marcos Barbosa em Qui 11 Mar 2010, 14:26

Doutrinador, valorizo o trabalho de entrega. Apesar de entregar a grana quase toda para os motoqueiros, sei da importância deles. Se não fossem eles, quem entregaria nossas pizzas? Se já atuamos no caixa ou na administração, quem faria as entregas. Então eles fazem parte da pizzaria que tem entregas. É caro? Muito caro, dá dó igual hoje fazer o pagamento de 1.000,00 pratas por um mês. O problema são as taxas tabeladas deles que são caras. Estou satisfeito com o trabalho. Vou continuar. Já tenho dor de cabeça demais para resolver. Tem que saber se essas cooperativas aí na sua cidade já estão regularizadas, tem documentação, dão suporte - por exemplo aqui se o motoqueiro não vier, eles mandam outro, ou se eu precisar de motoqueiro extra, mandam na hora....tem que olhar tudo para não entrar numa fria...tem muita cooperativa ilegal....que não dão suporte para o motoqueiro... Aqui minha caixa é toda plotada. O motoqueiro chega e coloca a minha caixa com o nome da pizzaria. Agora sempre tem que lembrar o motoqueiro de não dançar com a pizza na rua, senão chega pedaço sobre pedaço....risos. É isso. A diária mínima aqui é 37,50, sendo 30 para o motoqueiro e 25% para a cooperativa.

Marcos Barbosa
MASSEIRO
MASSEIRO

Sexo : Masculino
Idade : 40
Localização : Goiânia -
Número de Mensagens : 185
Data de inscrição : 29/10/2009
Emprego/lazer : Jornalista
Humor : Bom demais
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por JOSE CARLOS (CANHOTO) em Qui 11 Mar 2010, 15:58

Olá ...
Eu ainda não abrir a minha casa e ja estou com dor de cabeça só no pensar.Lidar com esta turma não déve ser facil mesmo,nós proprietários imaginamos o nosso negócio(antes de começar)da vseguinte maneira.
Loja abérta,telefone tocando,as mesas cheias,e pedidosv no balcão aos burlhões,chamamos vo boy ..ei uma entrega na ruav tal numero tal,troco para 50,00,lá vai vele e nós vfelizes da vida comv a vcasa lotada vos pedidos fluindo normalmente e ov cliente sóv elogios hehehe.
Ei ei ...Acorda ai meu....ov boy não chaga nunca,tiro o fone do gancho...as mesas va espéra e no vbalcão o cliente rezando para que a próxima seja a dele hehehe..... é amigos quem ta fora quer entrar,v e que ta dentro não quer sair...porque com problema ou sem problema ,como é bom viver este momento lindo.
Há mas apesar de ]ser momento lindo ...LIDAR COM MOTO- BOY É DIFICIL.
ABRAÇOS

JOSE CARLOS (CANHOTO)
CHEFF
CHEFF

Sexo : Masculino
Idade : 57
Localização : PORTO ALEGRE... R.G DO SUL
Número de Mensagens : 1030
Data de inscrição : 09/08/2009
Emprego/lazer : EMPREENDIMENTO DE PIZZAS E LANCHES -PRAIA
Humor : NORMAL PARA UM DIA ANORMAL
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por kicomelo em Qua 28 Set 2016, 08:01

Bom dia amigos, como este tópico já é muito antigo gostaria de voltar com o tema.
Quanto e como se paga hoje (2016) por um motoboy entregador de pizza, por dia?

kicomelo
INICIANTE
INICIANTE

Sexo : Masculino
Idade : 47
Localização : Rio de janeiro
Número de Mensagens : 10
Data de inscrição : 10/09/2016
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Forma de contratação dos entregadores

Mensagem por HASSIN em Dom 09 Out 2016, 15:12

Caro amigo,

Respondi a você em outro tópico, veja a resposta neste link:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

kicomelo escreveu:Bom dia amigos, como este tópico já é muito antigo gostaria de voltar com o tema.
Quanto e como se paga hoje (2016) por um motoboy entregador de pizza, por dia?

_________________
Hassin Ghannam
Admin. do Fórum de Pizzas.

A luz deve avançar sempre, ainda quando esteja sufocada pelas trevas. Hassin Ghannam.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Antes de comprar um forno, conheça primeiro o Super Mini Cheff Plus!
Clique aqui para conhecê-lo: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

HASSIN
Administrador do Fórum
Administrador do Fórum

Sexo : Masculino
Idade : 54
Localização : Sao Paulo - Brasil
Número de Mensagens : 9884
Data de inscrição : 01/11/2008
Emprego/lazer : Fórum de Pizzas, Escola de Pizzaiollo, Campo e praia
Humor : Excelente
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum