Fórum de Pizzas do Cheff Hassin, pioneiro na Arte da boa pizza!
Seja bem vindo ao Fórum de Pizzas, o maior espaço cibernético de Pizzas do Mundo!
Entre, registre-se e faça parte dessa família.
Somente usuários registrados terão acesso a todas as informações profissionais existentes nos nossos fóruns de debate e tópicos de discussões.
Não se esqueça de ler as regras deste Fórum e mantenha um alto nível nos posts e abertura de tópicos.
ATENÇÃO: Ao registrar-se no Fórum de Pizzas seus dados cadastrais serão checados; estando corretos a sua conta será aprovada pela Administração do Fórum de Pizzas.
Guarde o seu usuário e senha em um lugar seguro para não esquecer. Sua senha é confidencial, secreta e criptografada. No entanto, se você a esquecer, solicite a Administração uma nova senha para logar.
Sua presença muito nos honrará.
Hassin Ghannam
Admin. do Fórum de Pizzas.
Login

Esqueci minha senha

VISITAS DIÁRIAS-
Tradutor/Translate
Últimos assuntos
» massa furando
Hoje à(s) 15:37 por leandru2013

» Cariocas unidos?
Hoje à(s) 12:19 por Magno Lima

» Pizza Doce - Chocolate com crosta
Hoje à(s) 11:59 por gafrancischini

» Temperatura do forno
Hoje à(s) 11:56 por Wesley lima de menezes

» Apresesentação - RJ
Hoje à(s) 11:20 por Magno Lima

» Informações Nutricionais nas caixas de suas pizzas?
Hoje à(s) 04:04 por HASSIN

» GUIA COMPLETO DO FÓRUM DE PIZZAS DE COMO MONTAR UMA PIZZARIA
Hoje à(s) 03:57 por HASSIN

» Receita Secreta
Hoje à(s) 03:54 por HASSIN

» Massa secreta para fazer em casa
Hoje à(s) 03:45 por HASSIN

» Pizza Caspita
Hoje à(s) 01:16 por PAISA

» Tempo ideal para pre assar massa de pizza
Hoje à(s) 00:11 por Chef Duarte

» Planilha de custos
Ontem à(s) 23:47 por PAISA

» Equipamento Multi-Pizzas
Ontem à(s) 17:06 por NayFreemont

» receita da massa secreta e integral atualizada
Ontem à(s) 17:00 por HASSIN

» Forno a lenha feito de Refratário (passo a passo)
Ontem à(s) 16:56 por HASSIN

» SR CAIXA
Ontem à(s) 16:53 por Carlos Daia

» Preço final
Ontem à(s) 16:29 por ISA

» Como melhorar a imagem da sua empresa utilizando bases artesanais para as suas pizzas ?
Ontem à(s) 14:54 por Carlos Daia

» Massa gruda na forma
Ontem à(s) 12:43 por EQUIPE FÓRUM DE PIZZAS

» PIZZARIA DELIVERY E SALÃO
Ontem à(s) 10:40 por EDILSON CASSIANO DOS SANT

» Pizza Banana Especial
Ontem à(s) 02:12 por ISA

» Forma para moldar massa Esfiha Aberta habib´s
Qui 19 Jan 2017, 23:53 por ednaemi

» Massa Para Celiacos
Qui 19 Jan 2017, 23:13 por ednaemi

» pizza doce
Qui 19 Jan 2017, 20:18 por ISA

» MiniLenha, padronize a cocção da sua pizza e elimine a fumaça definitivamente
Qui 19 Jan 2017, 15:49 por Minilenha

» Veja aqui um produto que ira lhe auxiliar na limpeza da sua bancada !!!
Qui 19 Jan 2017, 15:34 por Carlos Daia

» Versão Atualizada da massa secreta
Qui 19 Jan 2017, 08:37 por HASSIN

» Forno a lenha
Qui 19 Jan 2017, 07:54 por Almir Aparecido Vieira

» Cardapio de rodizio
Qua 18 Jan 2017, 19:56 por Sonia Belegante

» FORNOS DUAL FLEX GÁS www.fornoslucena.com.br
Qua 18 Jan 2017, 12:59 por MAURO LUCENA

» Planilha para formação de preço de Pizza e controle de custo
Qua 18 Jan 2017, 12:47 por PAISA

» Preços de embalagens de pizza
Qua 18 Jan 2017, 12:40 por PAISA

» Você já comparou qual fermento dá melhores resultados as suas massas? Confira aqui esta análise!
Qua 18 Jan 2017, 12:21 por Carlos Daia

» Massa Secreta Show de Bola após guardada refrigerada por um dia!
Qua 18 Jan 2017, 00:55 por HASSIN

» Carrinho Ambulante
Ter 17 Jan 2017, 19:44 por DOUTRINADOR

» Suas espátulas estão cortando as suas caixas devido ao impacto? Algumas das nossas espátulas pode ser a solução deste problema?
Ter 17 Jan 2017, 15:24 por Carlos Daia

» RECLAMAÇOES DO ATENDIMENTO PIZZA -PRESSE
Ter 17 Jan 2017, 13:06 por Di Carmo

» AJUDA PARA PROMOÇÃO DE PIZZA PARA ONG
Ter 17 Jan 2017, 12:14 por PAISA

» Forno de esteira gran ceres
Ter 17 Jan 2017, 01:16 por HASSIN

» Forno Iglu Pré-fabricado - Dúvidas quanto a montagem
Ter 17 Jan 2017, 01:04 por HASSIN

» Divulgação
Ter 17 Jan 2017, 01:03 por HASSIN

» Veja o que a abridora de massas AMP-400 da Skymsen pode fazer por você e pela sua empresa!
Ter 17 Jan 2017, 01:01 por HASSIN

» Vendo Massas Pré-assadas em Belo Horizonte e Regiões.
Ter 17 Jan 2017, 00:55 por HASSIN

» Borda estourando
Ter 17 Jan 2017, 00:54 por HASSIN

»  AGENDA DOS CURSOS DE DONOS DE PIZZARIAS E PIZZAIOLLOS DO FÓRUM DE PIZZAS - ANO 2017
Seg 16 Jan 2017, 19:30 por PAISA

» Como calcular o valor da pizza
Seg 16 Jan 2017, 19:22 por PAISA

» Dê mais sabor a sua pizza com nossos condimentos e essências !!!
Seg 16 Jan 2017, 17:01 por Carlos Daia

» Fornecedor de pizzas semi prontas no Rio de Jnaeiro
Seg 16 Jan 2017, 11:05 por DED

» Queimadores qual marca e modelo ideal e onde comprar
Dom 15 Jan 2017, 18:51 por maxferreira

» farinha
Sab 14 Jan 2017, 23:05 por DOUTRINADOR

» transformação de forno eletrico em a gas glp
Sab 14 Jan 2017, 08:23 por DOUTRINADOR

» DÚVIDAS NA CONSTRUÇÃO DO FORNO IGLU
Sex 13 Jan 2017, 22:50 por ŹE CARLOS MINEIRO

» A Skymsen apresenta o seu novo equipamento: AMP - 400 Abridora de Massas de pizzas - Apresentada pelo Cheff Hassin Ghannam
Sex 13 Jan 2017, 22:22 por HASSIN

» Valorize sua esfiha com este ingrediente especial !!!
Sex 13 Jan 2017, 18:45 por Carlos Daia

» Porque grudaram as pizzas ao tentar colocar no forno a lenha?
Sex 13 Jan 2017, 02:21 por HASSIN

» fermentação
Sex 13 Jan 2017, 02:05 por HASSIN

» Forno Elétrico
Qui 12 Jan 2017, 21:47 por Flavia Moreira dos Reis

» MASSA PRÉ ASSADA
Qui 12 Jan 2017, 19:08 por PAISA

» Forno elétrico
Qui 12 Jan 2017, 16:55 por HASSIN

» O que fazer quanto ao encolhimento da massa?
Qui 12 Jan 2017, 12:51 por HASSIN

» FORNECEDOR DE MASSAS PRE PARA BH
Qui 12 Jan 2017, 11:36 por vladrodrigues

» Forno Progás - PRP-400 Mini Chef Style
Qui 12 Jan 2017, 00:40 por orionernandes

» Forno Cristal Aço
Qui 12 Jan 2017, 00:31 por orionernandes

» Rodízio de pizza
Qua 11 Jan 2017, 18:53 por wagmartins

» Conduza as pizzas ao forno com praticidade e segurança com as pás de madeira projetadas pelo Mestre Hassin.
Qua 11 Jan 2017, 16:32 por Carlos Daia

» Receita de Massa Integral
Qua 11 Jan 2017, 15:47 por fernandoavancini

» Abridora de Massas AMP-400 e a Massa Secreta
Qua 11 Jan 2017, 11:29 por HASSIN

» Fermentação natural, levian, massa madre
Qua 11 Jan 2017, 01:34 por guga

» Como devo instalar o termômetro?
Ter 10 Jan 2017, 16:24 por HASSIN

» Como melhorar a apresentação das pizzas à mesa ? veja aqui !!!
Ter 10 Jan 2017, 16:02 por Carlos Daia

Top dos mais postadores
DOUTRINADOR (14536)
 
HASSIN (10074)
 
DED (7973)
 
GILBERTO COSTA (7448)
 
ISA (4815)
 
MAURO LUCENA (2895)
 
maurojonas brito (2374)
 
AVLIS (1906)
 
Carlos Daia (1515)
 
Scarpelli (1263)
 

Quem está conectado
281 usuários online :: 9 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 272 Visitantes :: 2 Motores de busca

ASLF, EDILSON CASSIANO DOS SANT, emerson tuchao, fernandofl, flavioaguillar, fratelli, JUARISA, simonacamano, Wesley lima de menezes

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 540 em Ter 02 Ago 2011, 23:18
Estatísticas
Temos 51513 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de fernandofl

Os nossos membros postaram um total de 156233 mensagens em 10797 assuntos
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Guia prático de como montar a sua pizzaria do Fórum de Pizzas.
BAIXE AQUI O APLICATIVO DO FÓRUM DE PIZZAS
FORNO A LENHA DUAL
MEGA FEIRÃO DO FÓRUM DE PIZZAS.

Reprtagem pizzaria Mangabeiras- Belo Horizonte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

default Reprtagem pizzaria Mangabeiras- Belo Horizonte

Mensagem por Convidad em Qua 01 Set 2010, 20:21

Quase tudo acaba em pizza
Os bastidores da mais tradicional pizzaria de BH onde a cada um minuto e meio, em média, uma pizza é vendida

A amizade dos tempos da adolescência ainda perdura na relação travada pelo trio que comanda hoje a Pizzaria Mangabeiras: Adalberto Marques Pinto, 43, e os irmãos Antônio César Júnior, 43, e Marco Túlio Ribeiro de Miranda, 39. O companheirismo da época em que eram colegas no Loyola – tradicional colégio da capital mineira –, vendiam goiabada e colocavam som nas festas em Belo Horizonte parece mesmo ter se mantido intacto ante a forma que se tratam e convivem no atribulado dia a dia da empresa, responsável pela venda de 25 mil a 30 mil pizzas por mês. Extratrabalho, também estão sempre presentes na rotina pessoal um do outro: viajam e saem juntos e, ainda, tornaram-se padrinhos dos respectivos filhos. Vínculos mais que reforçados.

Se hoje a massa da casa rende expressiva produção e caminha para quatro décadas de fornadas, a pitada inicial de fermento foi dada por Antônio César Pires de Miranda, 67. Em 1972, o então comerciante, nascido no Serro (MG), compra e reinaugura a pizzaria onde anteriormente era fornecedor de presuntos, salames e afins. A casa era exatamente no mesmo endereço, na Serra, onde ainda funciona uma das 11 unidades da rede. Na época, inclusive, o local eleito para abrigar a pizzaria gerou controvérsias.

Afinal, há 38 anos, Belo Horizonte praticamente acabava nos limites próximos do polêmico entorno do alto da avenida Afonso Pena. Montar algo lá, era, no mínimo, visto como loucura. Mas, contrariando as perspectivas negativas, a intuição foi certeira. Na sequência, a região transformou-se em reduto de badalação. “Além da experiência com a pequena pizzaria que tinha na rua Rio Negro, minha especialidade como comerciante era diagnosticar se o ponto era bom ou não para se montar um negócio”, conta o fundador. Fora a localização privilegiada, a carência de pizzarias na Belo Horizonte do início da década de 70 contribuiu para o sucesso do investimento. A cidade contava apenas com duas casas do ramo de padrão similar. Detalhe: destas duas, apenas uma também sobreviveu ao mercado.

Se o apelo da tradição vinculada ao produto quase quarentão é forte, a empresa procurou se guiar por inovações. Em constante expansão – neste semestre mais duas casas serão abertas –, a pizzaria sempre lançou novidades. A começar pelo delivery, adotado há 20 anos. Foi a segunda empresa da capital a oferecer o serviço, disponibilizado até então apenas pelo fusquinha amarelo da Drogaria Araujo. E, também, o segundo estabelecimento local a vender pela internet. Hoje, a frota de motoboys que atende todas as casas contabiliza 130 funcionários contratados. “No primeiro pedido, contávamos somente com uma moto. Para garantir as entregas, colocamos nossos carros à disposição”, lembra Adalberto Marques Pinto.

NÚMERO
130 motoboys contratados são responsáveis
por centenas de entregas diárias de pizzas


Formado em medicina, Adalberto nem chegou a exercer a profissão. Nas folgas dos plantões em hospitais, passava o tempo em meio ao turbilhão da pizzaria junto ao fundador e seus filhos, atraído pela dinâmica do empreendimento. Mais uma vez, Antônio César Pires de Miranda parece ter vislumbrado os ingredientes certos da sua mistura de sucesso. A partir do interesse e aptidão demonstrados por Adalberto, decide contratá-lo para estimular os filhos a centralizarem-se profissionalmente na empresa. Antes de deixar o Brasil para morar no exterior, o patriarca divide a empresa entre os filhos. Com o tempo, Adalberto passa também a integrar o grupo. “A vinda dele, com quem já convivíamos 24 horas por dia e depositávamos total confiança, fortaleceu a empresa”, afirma Antônio César Júnior.

Figura diária presente no salão da unidade Serra, Júnior é atento aos detalhes. “Temos de administrar com os olhos do cliente. Isto quer dizer que é preciso oferecer o que ele gostaria de dispor quando sai de casa: ambiente confortável, organizado, limpo, com tudo do bom e do melhor.” Durante o almoço e jantar, entre uma pizza e outra, Júnior foca a atenção. Confere atendimento, serviço do manobrista, arrumação das mesas e, obviamente, o sabor da pizza. “Sei exatamente quando a receita está alterada.”

E com este olhar atento dos proprietários, a empresa inaugura mais quatro endereços próprios. Primeiro a unidade Gutierrez, em 1994 e, posteriormente, as dos bairros Eldorado, Padre Eustáquio e Pampulha. A partir desta fase, a pizzaria passa a abrir mais pontos a partir do sistema de franquias. O feito demarca o boom da pizzaria. Hoje, das 11 casas, 10 são franqueadas. A exceção é a primogênita da Serra, na Afonso Pena, única própria do grupo detentor da marca.

Rodrigo Guimarães foi o primeiro franqueado da rede. Em 1998, abriu salão e delivery na Floresta. “Na época, apostei no potencial da marca, na qualidade do produto já conhecido. Fui bem-sucedido.” Doze anos após o investimento, a franquia continua sendo bom negócio para Guimarães. Em outubro, inaugura outro endereço franqueado, desta vez em sociedade com Gilberto Vieira, dono da franquia de Contagem. O investimento será o primeiro endereço da marca em shopping: o Boulevard. “Será uma loja diferente. Terá visual bem contemporâneo, descontraído, capaz de agregar novo público a partir do conceito gourmet de pratos mais elaborados”, adianta.

MENU DA CASA:

* Entre os 24 sabores do cardápio, a pizza à moda – que leva mussarela, presunto, calabresa, azeitona, salaminho, e pimentão –, é recordista de pedidos desde que a pizzaria foi inaugurada.

* Além da pedida carro-chefe, todas as unidades servem 15 pratos à la carte de massas, como espaguetes, lasanhas, calzones e fetuccines. A lasanha à bolonhesa é a que tem mais saída. No almoço, há ainda bufê de saladas com três pratos quentes.

Tecnologia no cardápio

Entre as inovações propostas pelo atual grupo dirigente, o eficiente sistema de informática. Tudo para agilizar as entregas solicitadas ao departamento de telemarketing e pelo site. A partir de mapeamento da capital e Grande BH, cada pedido é automaticamente direcionado à pizzaria mais próxima. A agilidade alcançada levou o grupo a lançar o desafio de executar entregas no prazo de 30 minutos. Caso o tempo exceda, o cliente fica isento de pagar. Mas para participar, há pré-condições. É preciso, por exemplo, que o local solicitante esteja inserido em um dos 153 bairros divulgados no site, que o valor não ultrapasse 85 reais e que o pedido não inclua massas nem mais de duas pizzas.

Segundo Adalberto, o não cumprimento do prazo proposto é mínimo. A agilidade de atendimento é supereficiente. No delivery, cada funcionário é responsável por uma etapa: abrir a massa, colocar recheio, levar ao forno, embalar e disponibilizar o pedido ao motoqueiro. “Entre pedido e pizza embalada, gastam-se 11 minutos. O tempo restante é suficiente para a encomenda ser levada de moto, já que o percurso é curto. Não viabilizamos insensatez. Temos índice zero de acidentes.”

FRASE:

“Atendo clientes que começaram a namorar aqui, casaram, e agora trazem os filhos e até os netos”
Jesus de Oliveira

Preocupados em preservar os motoqueiros, a empresa promove com frequência treinamentos ligados à segurança e prevenção no trânsito. Também de olho na tecnologia, a pizzaria já está a postos para atuar a partir do sistema digital de TV, quando os pedidos poderão ser feitos a partir da televisão. Empreendedores, passaram a disponibilizar espaço para marketing no próprio produto. Há pouco tempo, a empresa passou a estampar publicidades nas embalagens das pizzas.

Trabalho de formigueiro
Quem passa entre 10h e 16h em frente ao prédio da esquina na Afonso Pena, de 1.894 m2 de área construída, incluindo estacionamento próprio, não imagina o trabalho de formigas no seu interior. É neste endereço que o coração da pizzaria pulsa a mil. No andar abaixo do restaurante, funciona o centro de pré-produção que abastece todas unidades. O trabalho em equipe parece orquestrado. É de lá que saem as bolas de pizzas, massas e molhos. Os demais ingredientes, como presunto, mussarela e peito de frango, são comercializados pela central de compras da empresa e distribuídos para cada ponto. O formato centralizador garante padrão e procedência dos produtos. No andar superior do anexo ao restaurante, 30 atendentes de telemarketing acionam o delivery, responsável por 90% da demanda de pizzas, ativo das 10h à 1h.

O que mais pode intrigar nesta história é o fato de a Pizzaria Mangabeiras se manter por tantos anos no cenário gastronômico da cidade, conhecido pelo abre e fecha dos estabelecimentos. Numa conta rápida, por dia, as 360 mesas disponíveis da rede, que funcionam dia e noite, sem fechar suas portas no intervalo, atendem em quatro rodadas 5.760 pessoas. Por mais incrível que pareça, a empresa continua a usar a mesma receita de pizzas de quando abriu.

HORAS DE PICO:

* Quando chove, sobretudo no horário do almoço, os pedidos multiplicam pelo telemarketing e acessos no site.
* Nos almoços e jantares de sextas, sábados e domingos, uma intensa demanda é esperada. As casas já ficam preparadas.
* Julho e dezembro são meses imbatíveis no delivery.
* Campeonatos de futebol e datas comemorativas são, literalmente, prato cheio para o delivery.
Além de preservar o modo de fazer (guardado a sete chaves) e os ingredientes, que inclui água mineral, a pizzaria manteve praticamente os mesmos sabores ao longo dos anos. Apenas quatro novos tipos foram acrescidos no menu desde a abertura da casa: chocolate, banana com canela, rúcula com tomate-seco e peperoni. E parece ser, justamente, a tradição do sabor que fideliza o cliente. “Ele sabe exatamente o que vai comer: uma pizza saborosa, macia, crocante, nem grossa e fina demais. Mantemos o padrão da empresa que tanto agrada. Para que vamos mexer em time que está ganhando?”, diz Cláudio Roberto Leal, pizzaiolo da Mangabeiras há 15 anos.

A tradicionalidade da casa se estende ao público versátil do reduto: várias gerações de família, times de futebol, casais de namorados, figuras do cenário político. Funcionário da casa desde a inauguração, Jesus de Oliveira, 67, aprendeu o ofício de garçom na pizzaria. Grande parte da clientela fiel o conhece pelo nome e também sabe seus pratos e bebidas favoritos. “Atendo clientes que começaram a namorar aqui, noivaram, casaram, passaram a trazer os filhos, os netos. Também já servi muitos políticos, como Tancredo Neves e José Alencar.”

MÃO NA MASSA
Depois de acrescentar farinha de trigo e água mineral à pré-mistura com fermento personalizada, a massa é levada à batedeira de capacidade máxima de 50 kg. Na sequência, a massa vai para a boleadora automática que formata 14 bolas em cada operação. Dois tamanhos são executados: um para as pizzas pequenas e médias e, outro, para as grandes e gigantes. Em seguida, as bolas descansam por três dias. Depois são dispostas em bandejas de PVC. Parte da produção segue em caminhões resfriatórios para as franquias, enquanto o restante fica acondicionado na sede. As pizzas são assadas no forno elétrico, que garante processo prático e ágil.

Para o ano que vem, o grupo prevê a abertura de novas casas. Uma será em BH, unidade gourmet em endereço ainda não definido. “A ideia é oferecer pizzas com ingredientes nobres, exóticos, versões lights e isentas de glúten e vinhos bem selecionados“, conta Adalberto. As outras unidades vão se estabelecer em localidades ainda em estudo, como Juiz de Fora, Brasília e Vitória. Mas, os investimentos não param por aí. Em breve, novo empreendimento de peso, sairá do forno na capital, anunciam os empresários.

Fonte(e fotos):http://www.revistaviverbrasil.com.br/51/materias/02/capa/quase-tudo-acaba-em-pizza/


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Reprtagem pizzaria Mangabeiras- Belo Horizonte

Mensagem por Rafael Torres Castilho em Qui 02 Set 2010, 02:57

Show de bola!!

Rafael Torres Castilho
FORNEIRO
FORNEIRO

Sexo : Masculino
Idade : 44
Localização : MG
Número de Mensagens : 386
Data de inscrição : 10/08/2010
Emprego/lazer : Rep. Comercial/ praticante de jiu jitsu, a arte suave
Humor : YES WE CAN!!!
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Reprtagem pizzaria Mangabeiras- Belo Horizonte

Mensagem por Convidad em Qui 02 Set 2010, 09:32

Sempre que estou em BH dou uma passada na da Afonso Pena...muito show o atendimento e principalmente as pizzas...

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Reprtagem pizzaria Mangabeiras- Belo Horizonte

Mensagem por Alessandro em Qui 02 Set 2010, 21:00

Bacana a casa e a história. A pizza é boa, mas para meu gosto ainda falta alguma coisa, talvez a massa deva ser mais fina e não a massa de pão que costuma vir. Como referencia a massa do mestre Hassin da um show na massa deles.

Alessandro
Instrutor
Instrutor

Sexo : Masculino
Idade : 44
Localização : Belo Horizonte
Número de Mensagens : 121
Data de inscrição : 29/04/2010
Emprego/lazer : Setor Privado / Empresário
Humor : Pizza e Pança...redondas...da-lhe Skol.!!!
País : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Reprtagem pizzaria Mangabeiras- Belo Horizonte

Mensagem por Convidad em Sex 03 Set 2010, 14:20

entrei no site deles e as pizzas mais baratas estao por volta de 40 reais ! se eu vender minha pizzas a 40 reais eu logo logo monto um sistema de delivery imenso igual o deles.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Reprtagem pizzaria Mangabeiras- Belo Horizonte

Mensagem por Convidad em Sab 04 Set 2010, 20:59

O unico defeito da Pizzaria Mangabeiras é o preço na minha opinião.A solução é comprar pizza nas padarias que estão proximas(pertencem aos mesmos proprietários) que usam a mesma massa e ingredientes por um preço menor

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum